Home - Convergência Digital

RH prioriza currículo e falha ao contratar profissionais de TI

Ana Paula Lobo e Pedro Costa, do Rio de Janeiro - 19/09/2019

"Há uma lambança nos processos de contratação adotados hoje nos departamentos de recursos humanos com relação à área de TI e o ruído fica transparente entre as duas áreas o que afasta cada vez mais a geração Y dos processos tradicionais", afirma a diretora da edTech Fábrica de Cursos, Sylvia Meirelles, em entrevista à CDTV, do Portal Convergência Digital, durante o Rio Info 2019, que aconteceu nos dias 16 e 17 de setembro, no Rio de Janeiro.

De acordo com Sylvia Meirelles, o olhar do RH no Brasil ainda é curricular e pouco voltado para os skills de conhecimento, o que gera sempre muito contratempo nas seleções de profissionais. "Não por acaso os jovens optam por carreiras próprias e se afastam das companhias tradicionais. O RH insiste com benefícios que não são mais os desejados", reporta. O mercado de edTech é um dos que mais cresce no mundo e gira em torno de R$ 240 bilhões ao ano, com uma perspectiva de crescimento em torno de 10% ao ano nos próximos cinco anos.

A executiva da Fábrica de Cursos, que forma profissionais em TI, fala ainda da receptividade do mercado a educação a distância, que segundo o Censo Educacional 2018, divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e pelo Ministério da Educação (MEC) mostra que, pela primeira vez, a oferta de vagas nos cursos de graduação na modalidade educação a distância (EaD) é maior que a do ensino presencial.

Em 2018, foram ofertadas 7,1 milhões de vagas nos cursos de educação a distância e 6,3 milhões em cursos presenciais. O número de cursos EaD cresceu 50% em um ano, passando de 2.108 em 2017 para 3.177 em 2018. Assistam a entrevista com Sylvia Meirelles, da Fábrica de Cursos.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

19/06/2020
Compras públicas são 12% do PIB e tecnologia ocupa fatia cada vez maior

17/06/2020
Contratos com o governo vão virar créditos financeiros antecipados

10/06/2020
Não criar a Autoridade para atrasar a LGPD é fazer o Brasil cair num loop infinito

08/06/2020
Covid-19: Brasil sabe fazer software para 'jogar o jogo' global do digital

28/05/2020
Profissional de IA tem de gostar de fazer a tecnologia acontecer

26/05/2020
IA feita no Brasil salva vidas ao monitorar três milhões de pacientes

30/04/2020
Economia de R$ 38 bilhões em serviços vai atrair estados e municípios para a transformação digital

30/04/2020
Governo mantém ‘cloud first’ e prepara nova licitação para reduzir datacenters

30/04/2020
Cruzamento de dados começa com estatais de TI, mas haverá espaço para o setor privado

30/04/2020
Mudança em regras da ICP-Brasil busca reduzir custo dos certificados digitais

ARTIGO . Por Melissa Torgbi

Cientista de dados: seja curioso, se envolva e tenha muita disposição para resolver problemas

Há muita empolgação acerca do termo “ciência de dados” atualmente. Para nós que queremos ser cientistas de dados, há alguns requisitos. Um deles: ter muita, mas muita vontade de aprender o tempo todo.

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Seis dicas para formar uma equipe de trabalho resiliente

or Craig Mackereth*

Formar uma equipe ou força de trabalho resiliente não é tarefa que se execute da noite para o dia. Tampouco é possível tornar uma equipe verdadeiramente resiliente se isso ainda não estiver integrado ao DNA da empresa.

Destaques
Destaques

Teletrabalho fica no vácuo legal com fim da vigência da MP 927/2020

O home office e as regras trabalhistas ficam sem uma legislação específica a partir de agora. MP caducou por falta de consenso entre deputados e senadores.

TRT/SP rejeita cautelar das empresas de TI e cobra Convenção Coletiva 2020

O desembargador e vice-presidente judicial do Tribunal Regional do Trabalho da 2 Região, Rafael Edson Pugliese Ribeiro, em despacho, alerta que a falta de renovação da Convenção Coletiva 'é a falência do diálogo'. Convergência Digital publica a íntegra da decisão.

Microsoft muda alto escalão da AL e fica à espera de Rodrigo Kede,em litígio com a IBM

O presidente para a AL da Microsoft, Cesar Cernuda, e a brasileira Paulo Bellizia, vice-presidente de Vendas, Marketing e Operações para a região, oficializaram a saída da empresa. A computação em nuvem é pano de fundo no embate entre as gigantes.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site