GOVERNO

Serpro escolhe parceiros para digitalização de serviços públicos

Luís Osvaldo Grossmann ... 08/10/2019 ... Convergência Digital

O Serpro abriu nesta terça, 8/10, uma chamada pública para escolher parceiros de negócios no processo de digitalização de serviços públicos, começando por mais de 1 mil deles na esfera federal, mas com potencial para estender as ofertas a estados e municípios. O período de manifestação de interesse vai até 19/11, pelo email parcerias@serpro.gov.br

Como explica o edital, que pode ser acessado por este link, serão selecionados quatro consultorias especializadas como para a formação de uma “Lista Curta”, que serão convidadas a apresentar propostas financeiras, de acordo com os serviços que forem demandados pelos órgãos públicos. 

“Os serviços visam integrar as iniciativas digitais dos governos federal, estadual e municipal, viabilizando ferramentas e soluções tecnológicas, reduzindo a burocracia e ampliando a oferta de serviços públicos digitais”, explica o Serpro, que justifica as parcerias “devido a quantidade reduzida de profissionais que são habilitados em mapeamento/remodelagem de processos e a necessidade de diagnóstico organizacional de muitos de seus clientes”. 

Como explica ainda o edital, a Secretaria de Governo Digital do Ministério da Economia identificou 1.164 serviços a serem digitalizados. “Estes serviços podem estar prontos a serem digitalizados ou precisam de consultoria especializada para sua remodelagem, passando pela identificação das necessidades do órgão e do seu público-alvo”. 

A ideia, portanto, é escolher os parceiros para que esses se encarreguem do “diagnóstico organizacional, mapeamento/modelagem e remodelagem de processos, desenho e priorização das jornadas e experiências dos cidadãos, dos processos e serviços, definição e desenho das arquiteturas, soluções técnicas e modelos de interação com ecossistemas de soluções, planejamento e gestão das mudanças e impactos organizacionais, culturais e comunicação com seus stakeholders”. 


Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições

Coronavírus: Senado faz primeira votação a distância da história

Os senadores votaram de suas casas onde cumprem quarentena por causa do Covid-19 e aprovaram a decretação do estado de calamidade pública como forma de combate ao Covid-19.

Telebras projeta receita bruta de R$ 383,64 milhões em 2020

Na lista de venda do governo Bolsonaro, a estatal diz que o montante é uma mera previsão, uma vez que não há garantia de desempenho futuro. Em 2018, a receita líquida da Telebras ficou em R$ 199 milhões – foram R$ 73 milhões em 2017.

Relatora da nova lei das teles assume presidência da CCT no Senado

Daniella Ribeiro (PP-PB), que manteve sem alterações o projeto que se tornou a Lei 13.879/19, foi indicada pelo partido depois que o atual presidente da comissão, Vanderlan Cardoso, migrou para o PSD. "Depois do PLC 79, o que vier está fácil", disse a nova presidente. 5G está na pauta dos debates.

PGR: Há razão legal para STF julgar privatização de Serpro, Dataprev e Telebras

A Procuradoria Geral da República, em parecer dado para a ação do PDT contra a privatização das estatais de TI, admite que a inclusão delas no Plano Nacional de desestatização abre procedente para julgamento na Suprema Corte.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G