Proposta para 5G reserva espectro em 26 GHz para redes privadas

Luís Osvaldo Grossmann ... 18/10/2019 ... Convergência Digital

A proposta de edital para o leilão 5G à mesa, ainda sujeita a mudanças de um voto-vista, reduz pela metade a oferta de espectro prevista pela área técnica da Anatel para a faixa de ondas milimétricas em 26 GHz. Segundo o relator no Conselho Diretor, Vicente Aquino, a intenção foi aguardar regras para o uso em redes privadas, diretamente por indústrias, por exemplo. 

“Se licitarmos toda essa faixa nesse leilão, 3200 MHz, ficaremos impossibilitados de destiná-la de maneira mais adequada a modelos de negócios que ainda estão por vir, deixando uma reserva de espectro para momento mais oportuno”, defendeu ao apresentar a proposta, destacando a intenção de “viabilizar redes privadas”. 

“Separou-se blocos fora do edital, alguns blocos não se incluiu, uma reserva de blocos para futuro uso de redes privadas. Mantivemos fora para se for necessário para esse uso, nos termos do que a agência vai regulamentar no futuro. Isso é só a reserva. Está fora do leilão reservado para essa finalidade”, explicou Aquino. 

O conselheiro justifica a ideia pela experiência de outros países. Entende que na Alemanha, que faria uso da faixa de 3,6-3,7 GHz, no Reino Unido, 3,9 GHz, no Japão e Estados Unidos, ambos 28 GHz, esses nacos não foram também licitados para reserva com a mesma intenção. “Não se endereça essas redes privadas ainda, mas também não se inviabiliza.”


Internet Móvel 3G 4G
Para TIM, migração para banda Ku vai atrasar ainda mais 5G

Presidente da operadora, Pietro Labriola, diz que opção pelos filtros nas parabólicas é saída mais pragmática. “Não podemos leiloar uma frequência que ficará ociosa”, afirma.

SindiTelebrasil muda marca para Conexis. Rodrigo Abreu, da Oi, assume comando

Abreu substitui o presidente da Algar Telecom, Luiz Alexandre Garcia, que ficou à frente da entidade nos últimos cinco anos. Prioridades de Abreu são o leilão 5G e fazer valer a Lei das Antenas no dia a dia real das teles.

Relator no Senado propõe desoneração de IoT e VSats sem mudar texto da Câmara

Relator do PL 6549/19 na CCT, senador Vanderlan Cardoso (PSD-GO) sustenta que isenção de Fistel, Condecine e CFRP vai, na prática, aumentar a arrecadação . “Ganho líquido na arrecadação será de R$ 2,9 bilhões”, afirma. 

Empate suspende decisão do STF sobre desbloqueio de celular em 24 horas

Operadoras questionam no Supremo uma lei do Rio de Janeiro que determina o desbloqueio da linha 24 horas após quitação de dívida. Placar está em 5 a 5. 

Para Oi, assinatura básica teria que ser acima de R$ 100 para pagar concessão

Presidente da Oi, Rodrigo Abreu, diz que a pandemia foi ruim para o setor e que a busca pelo equilíbrio é fundamental. “O ‘break even’ seria mais caro que um pacote básico de banda larga."

Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G