INCLUSÃO DIGITAL

Toyota fecha fábrica para construir protótipo de cidade do futuro no Japão

Convergência Digital ... 07/01/2020 ... Convergência Digital

A Toyota Motor aproveitou a CES, que acontece esta semana, em Las Vegas, nos Estados Unidos, para anunciar a construção de um protótipo de “cidade do futuro” na base do Monte Fuji, no Japão, que usará como energia células de hidrogênio e funcionará como laboratório para carros autônomos, casas inteligentes, inteligência artificial e outras tecnologias. A iniciativa foi batizada de  “Woven City” (Cidade Tecida), em referência às origens da empresa como fabricante de teares.

“É difícil ter ideia sobre o que é uma smart city se você apenas está construindo um bloco inteligente”, disse James Kuffner, presidente-executivo do Instituto de Pesquisa Avançada da Toyota à Reuters. A ideia da “Woven City” vem sendo discutida há um ano e tem como objetivo criar cidades mais seguras, limpas e divertidas e aprender lições que podem ser aplicadas ao redor do mundo, acrescentou o executivo.

A cidade terá serviços de polícia, bombeiros, de ambulância, escolas e poderá abrigar um conjunto de funcionários, aposentados e outras pessoas vinculadas à Toyota, disse Kuffner. O projeto, a ser construído no local de uma fábrica de veículos que deve ser fechada até o final deste ano. Inicialmente, abrigará cerca de 2 mil moradores nos próximos anos e servirá de moradia para os pesquisadores.

A Toyota não revelou o custo do projeto, cuja construção deve começar no próximo ano. “Se você construir, eles virão”, disse o presidente-executivo da Toyota, Akio Toyoda, que chamou o projeto de “meu Campo dos Sonhos pessoal”.

*Com agência Reuters e agências internacionais


Saldo de R$ 1,2 bilhão vai para transmissores em cidades pequenas e banda larga na Amazônia

Divisão dos recursos já é considerada como questão pacificada entre  as operadoras móveis e as emissoras de TV. 

Mais da metade das mulheres no mundo está sem acesso à Internet

União Internacional de Telecomunicações adverte que o sexo feminino é o mais afetado pela desigualdade no acesso à banda larga, em especial, nos países em desenvolvimento.

Huawei: nação digital é o último estágio da transformação digital

Conceito ainda é muito novo, mas engloba o uso e a análise dos dados para retroalimentar produtos e processos, conta o diretor de Comunicação e Relações com o Governo da Huawei Brasil, Juelinton Silveira.

Audima cria ferramenta para levar conteúdo aos analfabetos digitais

A partir da própria dor, uma vez que tem dislexia, Paula Pedrosa criou a Audima, uma startup que transforma palavras em áudios. "O império da visão exclui muita gente. Nosso desafio, hoje, é mostrar que inclusão monetiza", observa a executiva.

Domicílios com Internet chegam a 67% no Brasil, mas desigualdade permanece

TIC Domicílios 2018, do CGI.br, revela que as classes D e E elegeram o smartphone como o meio preferencial de acesso.

Nas favelas, há jovens ávidos para aprender e trabalhar com TICs

O projeto Vai na Web já formou 200 jovens em linguagem de programação, mas, agora,busca recursos para ensinar as profissões do futuro como Inteligência artificial e internet das coisas.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G