TELECOM

Motorola e Samsung param de fabricar celulares no Brasil por falta de componentes da China

Luís Osvaldo Grossmann ... 14/02/2020 ... Convergência Digital

O surto de Coronavírus na China atingiu a produção de celulares no Brasil. A Flextronics, que produz aparelhos da Motorola, e a Samsung, já anunciaram medidas para reduzir a montagem nas unidades brasileiras em decorrência direta da falta de componentes. 

“A Flextronics decidiu dar férias coletivas por 10 dias, a partir da segunda-feira [17/2]. Essa medida afeta 80% da força de trabalho, cerca de 2,2 mil trabalhadores. Mas segundo a empresa foi preciso tomar essa decisão por conta da falta de componentes, que não estão saindo da China por causa do vírus”, explica o presidente do sindicato dos metalúrgicos de Jaguariúna, Amparo, Pedreira, Serra Negra e Monte Alegre do Sul, todos em São Paulo, José Francisco Salvino. 

O mesmo problema de falta de componentes foi o motivo de a Samsung negociar a suspensão dos trabalhos durante três dias nesta semana – de quarta, 12/2, até esta sexta, 14/2, cerca de 2,5 mil trabalhadores ficaram em casa igualmente em decorrência do surto de Coronavírus e o impacto nos embarques para o Brasil. 

“A Samsung nos procurou para discutirmos medidas porque eles estão tendo problemas com a falta de componentes, e praticamente todos eles vêm da China. A decisão foi deixar o pessoal em casa por três dias e haverá uma compensação depois”, explica o presidente do sindicato dos metalúrgicos de Campinas e Região, Sidalino Orsi Junior. 

Embora a suspensão da produção até aqui seja por prazo determinado, a preocupação dos trabalhadores é com o fato de que ainda não há sinal de que o surto do vírus está controlado, o que pode acarretar em novas paralisações na fabricação nas unidades brasileiras. 

“Estamos preocupados que isso ainda vai longe. Embora o vírus não tenha chegado aqui, as consequências já vieram. O risco iminente é que se esse negócio se complicar as empresas queiram partir para cortes”, apontou o presidente do sindicato de Campinas. 


Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições

Claro defende troca de streaming por TV e aumenta prazo para inadimplentes

Em carta enviada à Anatel, operadora também promete parcelar dívidas e não cortar o serviço até 10 dias após o vencimento da faturas. Pequenas empresas em dificuldade poderão renegociar caso a caso. 

Oi terá 25 fazendas de energia renovável ainda em 2020

Tele ativou a primeira fazenda de energia solar em Francisco Sá (MG), com capacidade de gerar 350 mil kW/h por mês.

Telefônica/Vivo cede dados de assinantes ao Governo de São Paulo

Dados anônimos servem para identificar se as regras de isolamento social por conta do Coronavírus estão sendo cumpridas.

Indústria de Telecom pede ação urgente das prefeituras por mais antenas

Existem mais de 4 mil pedidos de instalação de antenas aguardando liberação de licenças dos municípios e a demanda por serviços de telecom só fez aumentar com a pandemia do Coronavírus. Dez entidades do setor se uniram para redigir um documento encaminhado para prefeitos do País.




  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G