Home - Convergência Digital

EUA apertam o cerco e endurecem medidas de restrições contra a Huawei

Convergência Digital* - 17/08/2020

O governo dos Estados Unidos anunciou nesta segunda, 17/8, que vai aumentar ainda mais as restrições à Huawei Technologies, com o objetivo de cortar seu acesso a chips disponíveis comercialmente. 

As medidas do Departamento de Comércio dos EUA ampliarão as restrições anunciadas em maio com o objetivo de impedir a gigante chinesa das telecomunicações de obter semicondutores sem uma licença especial - incluindo chips feitos por empresas estrangeiras que foram desenvolvidos ou produzidos com software ou tecnologia dos EUA. 

O governo também adicionará 38 afiliadas da Huawei em 21 países à lista negra comercial do país, disseram as fontes, elevando o total para 152 afiliadas desde que a Huawei foi adicionada à lista pela primeira vez em maio de 2019. 

O secretário de comércio norte-americano, Wilbur Ross, disse à Fox Business que as restrições aos chips desenvolvidos pela Huawei impostas em maio “os levaram a tomar algumas medidas evasivas. Eles estavam passando por terceiros”, disse Ross. “A nova regra deixa claro que qualquer uso de software ou equipamento de produção norte-americana é proibido e requer uma licença.” 

As novas ações, com efeito imediato, devem impedir as tentativas da Huawei de contornar os controles de exportação dos EUA, disse o Departamento de Comércio. 

Também confirmou que não irá estender uma licença geral temporária que expirou na sexta-feira para usuários de dispositivos Huawei e provedoras de telefonia. As partes agora devem enviar solicitações de licença para transações previamente autorizadas. 

O Departamento está adotando uma autorização permanente limitada para entidades da Huawei para permitir as “pesquisas de segurança em curso, fundamentais para manter a integridade e confiabilidade das redes e equipamentos existentes.” 

* Com informações da Reuters

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

01/10/2020
Itália diz amém aos EUA na briga contra Huawei e Alemanha é a próxima

23/09/2020
Huawei diz ter estoque suficiente para atender demanda nacional

17/08/2020
EUA apertam o cerco e endurecem medidas de restrições contra a Huawei

13/08/2020
EUA banem empresas que usam produtos da Huawei das compras governamentais

10/08/2020
Huawei dá o troco e Qualcomm alerta para o risco dos EUA perder muito dinheiro

06/08/2020
Huawei usa robôs em centro de distribuição no Brasil com uso do 5G industrial

09/07/2020
No Brasil, TIM nega descarte da Huawei para rede 5G

23/06/2020
Huawei: Brasil sempre teve um mercado aberto e justo no setor de TIC

21/05/2020
Huawei tem novo CEO para conduzir negócios no Brasil

18/05/2020
Huawei sobe o tom e diz que governo dos EUA é arbitrário

Destaques
Destaques

Conexão no campo pode render até R$ 50 bilhões em dois anos

Estudo do Ministério da Agricultura e Pecuária (MAPA) revela que, hoje, faltam quase 15 mil antenas e torres para ofertar o serviço necessário para a digitalização do agronegócio. Os números foram revelados no Painel Telebrasil 2020.

Vitor Menezes, Minicom: Vamos brigar por um leilão 5G não arrecadatório

O Ministério das Comunicações sinalizou às operadoras que trabalha para convencer os colegas de Esplanada a concentrar os valores envolvidos no leilão do 5G em compromissos de cobertura, minimizando o preço a ser pago ao Estado, afirmou o secretário de Telecomunicações, Vitor Menezes, ao participar do Painel Telebrasil 2020.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Internet 5G traz disrupção para Telecomunicações até no modelo de negócio

Por Eduardo Grizendi*

Na RNP, estabelecemos um objetivo estratégico ambicioso – o de prover uma ciberinfraestrutura, segura, de alto desempenho e disponibilidade e, ao mesmo tempo, ubíqua, onipresente, em qualquer lugar e a qualquer hora, para nossas comunidades de educação, pesquisa e inovação.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site