Home - Convergência Digital

5G avança sobre espectro não licenciado

Convergência Digital* - 10/09/2020

A quinta geração de comunicações celulares sem fio, a "5G", mantém sua trajetória com mais de 105 redes 5G já em operação no mundo inteiro, conforme relatório divulgado pela 5G Americas. O estudo informa que a 3GPP concluiu as espeficações do release 15 e do relese 16, o que possibilita o uso do 5G muito além da telefonia celular.

Tambem reporta que O desenvolvimento do Release 17 começou para definir suporte para dispositivos de baixa complexidade, operação em 52,6 a 71 GHz, satélites, múltiplos SIMs e transmissão e multicast NR. "A evolução 5G chegou, com a emergência de novos casos de uso nos setores corporativo e de consumo aproveitando da maior velocidade de transmissão de dados, menor latência e capacidade de administrar um número imenso de dispositivos conectados. É uma época muito interessante para o setor com muitas oportunidades de inovação", afirma o presidente da 5G Americas, Chris Pearson.

O levantamento aponta ainda que:

As operadoras estão migrando para arquiteturas independentes com o objetivo de reduzir a latência de suas redes, ampliar a cobertura, abordar a IoT industrial e simplificar suas operações;

Formação de feixes e MIMO massivo agora possibilitam o aproveitamento do espectro acima de 6 GHz e melhoram o desempenho em bandas mais baixas.

A adoção da Internet das Coisas (IoT) está crescendo rapidamente, com a previsão de dezenas de bilhões de novos dispositivos conectados durante a próxima década.

O setor já está implementando versões da LTE com capacidade de operar no espectro não licenciado, e especificações já existem para a operação 5G na mesma faixa.

A Edge Computing e inteligência artificial estão criando novas arquiteturas de rede que oferecem latência ultra baixa, reduzem o custo operacional das redes e suportam novos tipos de aplicativos.

Para mais detalhes do levantamento, acesse: https://www.5gamericas.org/global-5g-rise-of-a-transformational-technology/

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

28/10/2020
Aplicações são prioridade no laboratório 5G da NEC no Brasil

27/10/2020
Claro: 5G DSS não é marketing. É real e faz muito sentido no Brasil

26/10/2020
Americanet inicia testes de rede 5G em Pindamonhangaba (SP)

26/10/2020
Governo da Itália usa poder de veto e manda empresa cancelar acordo com Huawei

20/10/2020
EUA pressionam Brasil a banir Huawei em troca de financiamento para 5G

19/10/2020
NASA leva 4G e projeta 5G na Lua

15/10/2020
5G: Teles insistem em filtro nas parabólicas e rejeitam migração da TV

14/10/2020
Curso online gratuito da Huawei sobre 5G é agendado para 15 de outubro

14/10/2020
Sem antenas, Belo Horizonte pode ficar sem 5G

09/10/2020
TIM e TIP, liderado pelo Facebook, criam ambientes de testes OpenRAN na Inatel

Destaques
Destaques

Conexão no campo pode render até R$ 50 bilhões em dois anos

Estudo do Ministério da Agricultura e Pecuária (MAPA) revela que, hoje, faltam quase 15 mil antenas e torres para ofertar o serviço necessário para a digitalização do agronegócio. Os números foram revelados no Painel Telebrasil 2020.

Vitor Menezes, Minicom: Vamos brigar por um leilão 5G não arrecadatório

O Ministério das Comunicações sinalizou às operadoras que trabalha para convencer os colegas de Esplanada a concentrar os valores envolvidos no leilão do 5G em compromissos de cobertura, minimizando o preço a ser pago ao Estado, afirmou o secretário de Telecomunicações, Vitor Menezes, ao participar do Painel Telebrasil 2020.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

A democratização do 5G e os desafios para as PPPs

Por Lincoln Oliveira*

Para evitar um provável cenário em que apenas as grandes empresas possam trabalhar com a nova tecnologia, será fundamental contar com os serviços das prestadoras de pequeno porte a fim de expandir o acesso à internet de alta qualidade a todas as regiões do país.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site