Convergência Digital - Home

Compra da Altera insere Intel no mundo dos data centers na nuvem

Convergência Digital
Da redação - 01/06/2015

A Intel confirmou nesta segunda-feira, 1º/06, a compra da rival Altera por US$ 16,7 bilhões, com pagamento em cash. Em um comunicado enviado ao mercado, a Intel reporta que  a aquisição vai permitir uam redução de custos na fabricação de chips customizados. A Altera produz chips programáveis usados em estações radiobase (ERBs) para redes de celulares. Mas esses processadores também estão começando a ser usados em data centers que fornecerm serviços de computação em nuvem, justamente por poderem ser configurados pelos clientes.

Com o negócio, a Intel também planeja crescer as vendas de chips para os chamados wearable devices, capazes de trocar informações com PCs e smartphones, de olho no mercado de internet das coisas (IoT). Os carros inteligentes também estão na mira, revelou o CEO da Intel, Brian Krzanich. Os chips para essas novas formas de comunicação vão responder por 60% do valor criado a partir da aquisição da Altera.

A previsão é que a transação seja concluída nos próximos seis a nove meses e a receita da Altera seja creditada ao resultado e ao fluxo de caixa livre da Intel no primeiro ano após o fechamento do negócio, disse a empresa na nota. O negócio já foi aprovado por unanimidade pelos Conselhos de Administração de ambas as empresas, mas ainda está sujeito à aprovação dos órgãos reguladores.

Com informações de agências de notícias internacionais.


LEIA TAMBÉM:
Trabalha com dados? Você precisa saber o que é o Lifelong Learning

Buscar o constante aprendizado é uma ferramenta essencial para qualquer profissional. Isso vale ainda mais para quem trabalha em uma área dinâmica e que requer pensamento holístico como o profissional de dados.

Destaques
Destaques

Eneva investe R$ 3 milhões para unir gás à energia com a IA ALINE

Software, que utiliza algoritmos de machine learning, foi desenvolvido em parceria com o Instituto Tecgraf da PUC/Rio e está sendo testado no Maranhão. Próxima etapa é um projeto de pesquisa com foco na integração da produção do gás onshore com a geração de energia, o que significa usar IA em um projeto 100% conectado.

Armazenamento por serviço: um mercado em alta com privacidade de dados

IDC prevê que, em 2023, o mundo terá 11,7 ZB de dados armazenados, em comparação aos 5,0 ZB, apurados em 2018.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

O que é o balanceamento de carga de alta disponibilidade?

Por Ivan Marzariolli *

A alta disponibilidade começa com a identificação e eliminação de pontos únicos de falha em sua infraestrutura que podem desencadear uma interrupção do serviço - por exemplo, implantando componentes redundantes para fornecer tolerância a falhas no caso de um dos dispositivos estiver com problemas.

Dados em tempo real fazem toda a diferença no e-commerce

Por Leandro Rodriguez*

O tempo se tornou o fator crítico no relacionamento entre vendedor e comprador. Levar informações em tempo real a uma filial local ou a gerentes de loja pode ser determinante para a aquisição de clientes e, consequentemente, aumentar as vendas.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site