INOVAÇÃO

Governo assume que a Lei do Bem falhou no fomento à inovação

Luís Osvaldo Grossmann e Pedro Costa ... 16/03/2017 ... Convergência Digital

A Lei do Bem não atendeu seus objetivos e não ajudou o Brasil a ser mais inovador. Com essa leitura, o governo federal quer modificar a Lei 11/196/05 e espera propostas em dois meses. Nesse movimento, vai aproveitar para fazer o mesmo sobre o Código Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação. 

“Esse diagnóstico surgiu a partir de discussões dentro do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social. Os conselheiros entenderam que um dos entraves com relação à produtividade e competitividade era como o país pode inovar e qual seria o papel do Estado para estimular essa inovação, particularmente uma revisão com relação à Lei do Bem e com relação ao Código de Tecnologia”, diz a secretária do CDES, Patrícia Audi. 

Como avaliou ao participar do 2º Seminário Brasscom Políticas Públicas & Negócios, o desempenho pouco favorável pode ser visto na forte queda do Brasil no ranking global elaborado pelo Fórum Econômico Mundial sobre o grau de competitividade das nações. 

“Caímos de 40º em 2012 para 81º no indicador de competitividade e quando se debruça sobre esse indicador o que mais puxou para baixo foi piora na capacidade de inovação. O presidente determinou aos ministros responsáveis que em 60 dias essas revisões possam ser feitas e apresentadas até 7 de maio.”

As mudanças são necessárias, sustentou, pelo entendimento de que a legislação não trouxe os resultados esperados. “Embora tenha sido criada a Lei do Bem, ela não significou uma melhoria na inovação. O país inovou, mas não com relação à lei. Então vamos tentar fazer ajustes de forma que a inovação esteja caracterizada e que realmente ela possa estar estimulando essa inovação.” Assistam a entrevista com Patricia Audi.


TICs em Foco - TRANSFORMAÇÃO DIGITAL
Prever. Prevenir. Detectar e Responder

Essas são a exigência da remodelagem da gestão de riscos e da segurança organizacional nas corporações.

EMBRAPII CPqD faz pedido de patente para solução de IoT e cidades inteligentes

Em parceria com a curitibana Exati Tecnologia, unidade criou um gateway para criar uma rede inteligente de iluminação pública.

Ceitec vende 1 milhão de chips para pagamento automático de pedágio

Desenvolvido pela estatal gaúcha, chip de identificação por radiofrequência começa a ser usado em São Paulo. 

Algar Telecom batiza centro de inovação digital como Brain

Iniciativa vai atuar em quatro pilares: internet das coisas (IoT), cyber security, cloud (SaaS) e digital.

Rio Info 2017 promove 8ª edição da competição global de Inovação

Em 2016, a vitória coube a um projeto de monitoramento agrário desenvolvido por uma equipe da Argentina. Inscrições estão abertas.O Rio Info 2017 acontece de 25 a 27 de setembro.

Ser global é uma obrigação para quem quer sobreviver no mercado de TICs

“Há 10 anos, a regra era fortalecer pontos fracos. Hoje, tem de capitalizar o que é bom e terceirizar o resto. Globalizaçao deve ser prioridade”, diz o vice presidente da Velocity Texas, David Fonseca. 



  • Copyright © 2005-2017 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G