NEGÓCIOS

Maioria das startups fatura menos de R$ 50 mil por ano

Convergência Digital ... 13/06/2017 ... Convergência Digital

Uma pesquisa com 120 empresas e investidores no Brasil mostra que os míticos unicórnios continuam sendo fantasia. O cenário real de empresas iniciantes, ou startups, é bem mais modesto e 72% delas não faturam mais de R$ 50 mil por ano. Apenas 6% fatura mais de R$ 500 mil anuais.

O levantamento foi realizado pela Parallaxis Economia e Ciências de Dados e o escritório especializado em startups Perrotti e Barrueco Advogados, entre julho e outubro de 2016. E indica que a taxa de mortalidade é alta: somente 42,1% das startups já estão há mais de dois anos no mercado. Segundo a pesquisa, a taxa de mortalidade de startups no país é de 25% ao ano.

A pesquisa indica, ainda que 28,9% das startups estão em parques tecnológicos e 38,8% acreditam que participar de programas de fomento é importante, muito importante ou mesmo indispensável. Mais de 70% das startups possuem entre dois e quatro sócios. E mais de uma em cada cinco, 21,6%, não possuem nenhum funcionário.

A maioria, 57,9%, das startups pesquisadas responderam que já conseguiram realizar uma primeira rodada de captação para investimentos. Dessas, o maior percentual foi entre R$ 501 mil à R$ 1 milhão com 27% das captações registradas na pesquisa, sendo a principal fonte de captação os investidores anjos com 34% dos entrevistados.

Apesar do crescimento de 300% no capital investido em startups entre 2013 e 2016, o número de investidores anjo no país teve um acréscimo pequeno, de apenas 3%. Assim, 42% das empresas pesquisadas ainda não captaram recursos com investidores. Desse universo, 42,5% afirmam precisar de capital entre R$ 500 mil à R$ 1 milhão.


3º Seminário Brasscom de Políticas Públicas & Negócios 2018 - Cobertura Especial Convergência Digital
Brasscom lança manifesto para construir um Brasil Digital e Conectado

Entidade quer a colaboração da sociedade e de entidades de TI ou não para entregar um documento aos presidenciáveis. "Tecnologia precisa ser prioridade nacional", diz o presidente-executivo da Brasscom, Sergio Paulo Gallindo.


Veja a cobertura da 3º Seminário Brasscom de Políticas Públicas & Negócios 2018

Bitcoin deve ser declarado no IR, alerta tributarista

Segundo o Advogado, Carmine Gianfrancesco, do escritório Gianfrancesco & Mazzo Advogados - especializado em Direito Tributário Empresarial com prestação de serviços de contencioso tributário - a criptomoeda é um ativo aos olhos da Receita Federal.

CADE investiga se cartel de componentes de disco rígido agiu no Brasil

Cinco empresas e trinta e oito pessoas físicas teriam participado do conluio que, entre outras coisas, combinaram preços em respostas a pedidos de cotação de clientes.

Plantronics compra Polycom por R$ 6,5 bilhões

Aquisição terá consolidação de negócios no Brasil, em especial, na área de videconferência, uma vez que as duas companhias atuam no mercado nacional.

São Paulo sedia primeiro hub da IBM dedicado à blockchain na América Latina

Investimento na tecnologia, que deverá crescer 127% nos próximos três anos, é estimado em R$ 18 milhões até 2020. Unidade será ativada no 2º semestre.

TICs em Foco - TRANSFORMAÇÃO DIGITAL
Prever. Prevenir. Detectar e Responder

Essas são a exigência da remodelagem da gestão de riscos e da segurança organizacional nas corporações.



  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G