GOVERNO

Governo ainda busca solução para TIC na reoneração da folha de pagamento

Ana Paula Lobo e Pedro Costa ... 14/06/2017 ... Convergência Digital

Ao participar da Convenção da Associação Brasileira de Internet (Abranet), que acontece esta semana, na Praia do Forte, na Bahia, o secretário de Política de Informática, Maximiliano Martinhão, disse que o governo negocia uma solução especial para que as empresas de TIC não sejam alijadas da desoneração da folha de pagamento. A exclusão do setor está determinada na MP 774/17, que deverá ser votada em Comissão Mista, na próxima semana.

"Estamos negociando para que TICs tenha um tratamento diferenciado porque o setor gerou empregos e aumentou a sua contribuição ao governo. É claro que os setores devem contribuir para assegurar a previdência social, mas sabemos que TICs vão ser responsáveis pelos empregos da economia digital. Esse é futuro das crianças que estão nas escolas", afirmou.

A política de desoneração da folha salarial de setores empresariais será revista pela Medida Provisória 774/17. A medida começou a ser adotada em 2011 com quatro setores, chegou a 56 em 2014 e agora deve voltar para apenas quatro. A desoneração retira a contribuição previdenciária patronal de 20% sobre a folha de pagamentos. Uma parte da perda de arrecadação é compensada por um aumento da contribuição das empresas sobre o faturamento, entre um e dois pontos percentuais a mais. Assistam a participação do secretário da Sepin, Maximiliano Martinhão, sobre reoneração da folha para TICs.


3º Seminário Brasscom de Políticas Públicas & Negócios 2018 - Cobertura Especial Convergência Digital
Brasscom lança manifesto para construir um Brasil Digital e Conectado

Entidade quer a colaboração da sociedade e de entidades de TI ou não para entregar um documento aos presidenciáveis. "Tecnologia precisa ser prioridade nacional", diz o presidente-executivo da Brasscom, Sergio Paulo Gallindo.


Veja a cobertura da 3º Seminário Brasscom de Políticas Públicas & Negócios 2018

Serpro repudia acusação de venda de dados pessoais

Estatal diz nunca ter repassado conteúdo ao site 'Consulta Pública', 'congelado' por uma ação do MPF do Distrito Federal. Sustenta ainda que não vende 'secretamente' dados de pessoas naturais ou jurídicas.

Apps de e-gov não pedem consentimento e coletam mais dados do que precisam

Segundo estudo do InternetLab com aplicativos federais e de São Paulo, nenhum dos aplicativos pede consentimento expresso e metade não possui qualquer política de privacidade.

Anac autoriza Secretaria de Patrimônio da União usar drones para fiscalização

Licitação para a compra de equipamentos pelo governo deverá acontecer a partir do final de maio. Drones vão ser usados para fiscalizar uso irregular de áreas de praia, margens de rios, terrenos de marinha e espelhos d'água, dentre outros bens públicos de propriedade da União.

CDES quer prioridade para proteção de dados e transformação digital

O Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES) recomendou ao governo que garanta dotação orçamentária adequada e mecanismos de acompanhamento da digitalização do setor público.



  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G