Home - Convergência Digital

4G dispara e tráfego móvel alcançará 66 Exabytes/mês até 2022

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital* - 14/06/2017

Durante os próximos seis anos, quase 2,6 bilhões de novos assinantes serão adicionados às redes de banda larga móvel, o suficiente para encher um estádio de futebol do campeonato europeu (com capacidade para 50.000 pessoas) 20 vezes a cada dia. A última coleta de estatísticas sobre o crescimento de assinantes e tráfego de dados nas redes móveis é apresentada na edição de junho do Ericsson Mobility Report. O estudo mostra o maior crescimento anual de dados móveis no mundo todo desde 2013, conduzido pelo enorme crescimento na Índia, além de destacar a necessidade subjacente por dados móveis.

O uso de smartphones e o fácil acesso aos serviços de Internet móvel compreendem grande parte dos números relacionados ao tráfego. A Ericsson analisa o "tráfego de dados móveis de smartphones" dentro do "tráfego de dados móveis" para ilustrar essa tendência de forma mais clara. Até o final de 2022, o tráfego de dados móveis de smartphones terá crescido nove vezes, alcançando 66 ExaBytes por mês.

"O número de assinantes do 4G está crescendo mais rápido do que nunca, a utilização de voz sobre LTE está sendo acelerada e o crescimento do tráfego alcançou níveis nunca antes vistos desde 2013", afirma Niklas Heuveldop, Chief Strategy Officer e vice-presidente Mundial de Tecnologia e Negócios Emergentes da Ericsson."Estou particularmente animado em ver os principais passos do setor para progredir na evolução da rede, inclusive a aprovação do 5G New Radio (NR) não-independente que permitirá implantações 5G antecipadas. De acordo com a nossa previsão, isso levará a mais de meio bilhão de assinaturas de 5G e 15% de cobertura da população até 2022", complementa.

O levantamento mostra ainda que, em 2018, o LTE (4G) superará o GSM como a maior tecnologia de redes móveis de acesso em número de assinaturas. A velocidade em que essa tecnologia tem sido implantada e adotada é incomparável. Demorou apenas cinco anos para que o LTE compreendesse 2,5 bilhões de pessoas, em comparação com os oito anos para WCDMA/HSPA ou para o 3G. Somente no primeiro trimestre deste ano, foram adicionadas 250 milhões de novas assinaturas de LTE.

Enquanto a captação de LTE é conduzida sob demanda para experiências aprimoradas do usuário e redes mais rápidas, a implantação do 5G também será conduzida pela necessidade de recursos de banda larga móvel aprimorados, assim como soluções do setor para eficiência e automação. O 5G será a única rede que oferecerá suporte a diversos casos de uso. É esperada a ativação de mais de meio bilhão de assinaturas do 5G até 2022, sem contar com as conexões IoT. Espera-se então que o 5G compreenda cerca de 15% da população mundial.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

17/04/2018
Oi terá 4,5G nas regiões Norte/Nordeste com reuso da faixa de 1.8 MHz

06/04/2018
Teles: bloqueio após o fim da franquia não afronta o Marco Civil da Internet

05/04/2018
PROTESTE: Teles não seguem o que diz o Marco Civil

05/04/2018
TIM fecha com agroindústria e leva 4G para o campo

05/04/2018
Rede 4G chega a 3861 municípios do Brasil

03/04/2018
TIM anuncia cobertura 4G nos 645 municípios de São Paulo

29/03/2018
4G adiciona 2 milhões de acessos à base em 30 dias

23/03/2018
América Latina deverá ter testes reais de 5G ainda em 2018

05/03/2018
TIM mira PMEs e amplia cobertura do 4G fixo para 50 municípios

02/03/2018
Teles ativaram 74 chips 4G por minuto em janeiro

Destaques
Destaques

Brasileiros têm carro autônomo como objeto de desejo

Pesquisa mostra que o consumidor nacional trocaria na hora uma marca tradicional por um carro feito por empresas como Google e Apple.

Oi avança com Internet das Coisas para 'jogar um novo jogo'

Operadora elege a tecnologia como prioridade para atender ao mercado corporativoe aponta um diferencial em relação aos rivais: a capilaridade.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

A grande oportunidade da IA no negócio do carro conectado

Por: Eduardo Prado *

Os dados do seu carro vão valer ouro e não falta muito para isso, antecipa o consultor Eduardo Prado, em artigo exclusivo ao portal Convergência Digital.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site