Convergência Digital - Home

Multicloud da Vivo chega ao Brasil ainda em 2017

Convergência Digital
Ana Paula Lobo e Rodrigo dos Santos - 16/06/2017

Com o lançamento do Vivo Cloud Plus, um portal de autosserviço para a aquisição de nuvem híbrida, a Vivo quer ir além no processo de virtualização, explica o gerente de cloud da operadora, Sandro Bertelli. Segundo ele, quando se discute virtualização hoje não se pensa apenas nos servidores, mas em todas as camadas de infraestrutura, entre eles, rede, storage e até mesmo na aplicação.

"Ter todo esse processo virtualizado é uma das funções do data center definido por software", afirma Bertelli. Indagado sobre o multicloud, o gerente da Vivo afirma que essa é a próxima onda do mercado de cloud computing.

Mas adverte: multicloud não é apenas desenvolver aplicações para nuvem pública ou privada. Mas, sim, viabilizar uma integração, com serviços como cobrança (billing) comum. A Telefônica/Vivo está em fase final de desenvolvimento de uma solução global e deverá apresenta-la ao mercado ainda em 2017. Assistam a entrevista com Sandro Bertelli, da Vivo.

Facebook Twitter Google+ LinkedIn Email Addthis

Destaques
Destaques

Open Stack conquista o coração e o bolso das corporações

A possibilidade de personalizar o código-fonte para desenvolver aplicativos é o motivo mais forte apontado para a adesão ao open source pelas empresas latino-americanas.

Pública ou privada, a nuvem é incorporada à TI dos bancos

"Se algum banco não aceita é problema dele", diz José Antônio Eirado Neto, da Caixa. "Interoperabilidade ainda nos desafia", pontua Marino Aguiar, do Santander. Já Maurício Minas, do Bradesco, defende a nuvem pública, mas assume: "não faz sentido se desfazer do que foi construído no mainframe".



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

O uso inteligente do Big Data a favor da indústria

Por Marlos Bosso*

Os impactos da revolução 4.0 são inevitáveis. Identrificar o que está por vir é o desafio dos executivos.

Produzimos mais dados do que a capacidade de armazená-los

Por Thiago Franco*

Será que a demanda digital romperá com os limites físicos dos datacenters em curto prazo? Nos últimos anos, muitos especialistas têm tentado responder a esta pergunta.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site