GOVERNO » Compras Governamentais

Planejamento diz que "Uber" do governo já economizou 60% com transporte

Luís Osvaldo Grossmann* ... 26/06/2017 ... Convergência Digital

Lançado em fevereiro, o serviço unificado de transporte de servidores públicos em Brasília já garante uma economia superior a 60% nos custos com esses deslocamentos, segundo informa o Ministério do Planejamento, responsável pela iniciativa. 

“Desde o início da implantação foi alcançada uma redução de 60,89% nas despesas em relação a contratos anteriores. A economia estimada, quando todos os ministérios estiverem utilizando o serviço, é de R$ 20 milhões ao ano”, diz nota do MPOG. 

Segundo calculou a pasta para tocar o projeto, anualmente, o conjunto dos ministérios realiza “aproximadamente 490 mil corridas, com um gasto de R$ 32 milhões no transporte de uso administrativo no Distrito Federal”. Segundo informou ao TCU, até o início de junho o custo ficou em R$ 279,4 mil, o que já considera um desconto de 15% negociado com a vencedora do pregão. Isso representaria um economia de 60,9% do custo anterior, que seria de R$ 715,4 mil por esse mesmo serviço. 

 Até aqui os órgãos envolvidos (MDIC, MTur, MD, MDS, MAPA, MP, MCTIC, CGU e  AGU) cadastraram 11.735 servidores e colaboradores para utilizarem o serviço. Foram realizadas 12.677 corridas desde a implantação, e o tempo médio de atendimento das solicitações foi de 7 minutos. A nota média (de 0 a 5) das avaliações é de 4,69.

As corridas são solicitadas via aplicativo mobile e web, além de uma Central de Atendimento por telefone. A solução permite, também, que os usuários acompanhem o deslocamento do veículo, desde a solicitação até a finalização da viagem, e receba por e-mail confirmação e informações sobre a corrida. O aplicativo pode ser baixado no Google Play, Apple Store e Windows Store. A estimativa é que, até o início de 2018, todos os ministérios localizados no Distrito Federal estejam utilizando o serviço.

* Com informações do MPOG


Órgãos públicos do Executivo estão proibidos de exigir CPF e CNPJ

Medida impõe o compartilhamento de dados sem nenhuma regra de cuidado com as informações. Portaria proíbe a exigência ainda de certidões de débitos tributários e dívida ativa e certidão de quitação eleitoral.

Serpro repudia acusação de venda de dados pessoais

Estatal diz nunca ter repassado conteúdo ao site 'Consulta Pública', 'congelado' por uma ação do MPF do Distrito Federal. Sustenta ainda que não vende 'secretamente' dados de pessoas naturais ou jurídicas.

Apps de e-gov não pedem consentimento e coletam mais dados do que precisam

Segundo estudo do InternetLab com aplicativos federais e de São Paulo, nenhum dos aplicativos pede consentimento expresso e metade não possui qualquer política de privacidade.

Anac autoriza Secretaria de Patrimônio da União usar drones para fiscalização

Licitação para a compra de equipamentos pelo governo deverá acontecer a partir do final de maio. Drones vão ser usados para fiscalizar uso irregular de áreas de praia, margens de rios, terrenos de marinha e espelhos d'água, dentre outros bens públicos de propriedade da União.

CDES quer prioridade para proteção de dados e transformação digital

O Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES) recomendou ao governo que garanta dotação orçamentária adequada e mecanismos de acompanhamento da digitalização do setor público.



  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G