GOVERNO » Compras Governamentais

Planejamento diz que "Uber" do governo já economizou 60% com transporte

Luís Osvaldo Grossmann* ... 26/06/2017 ... Convergência Digital

Lançado em fevereiro, o serviço unificado de transporte de servidores públicos em Brasília já garante uma economia superior a 60% nos custos com esses deslocamentos, segundo informa o Ministério do Planejamento, responsável pela iniciativa. 

“Desde o início da implantação foi alcançada uma redução de 60,89% nas despesas em relação a contratos anteriores. A economia estimada, quando todos os ministérios estiverem utilizando o serviço, é de R$ 20 milhões ao ano”, diz nota do MPOG. 

Segundo calculou a pasta para tocar o projeto, anualmente, o conjunto dos ministérios realiza “aproximadamente 490 mil corridas, com um gasto de R$ 32 milhões no transporte de uso administrativo no Distrito Federal”. Segundo informou ao TCU, até o início de junho o custo ficou em R$ 279,4 mil, o que já considera um desconto de 15% negociado com a vencedora do pregão. Isso representaria um economia de 60,9% do custo anterior, que seria de R$ 715,4 mil por esse mesmo serviço. 

 Até aqui os órgãos envolvidos (MDIC, MTur, MD, MDS, MAPA, MP, MCTIC, CGU e  AGU) cadastraram 11.735 servidores e colaboradores para utilizarem o serviço. Foram realizadas 12.677 corridas desde a implantação, e o tempo médio de atendimento das solicitações foi de 7 minutos. A nota média (de 0 a 5) das avaliações é de 4,69.

As corridas são solicitadas via aplicativo mobile e web, além de uma Central de Atendimento por telefone. A solução permite, também, que os usuários acompanhem o deslocamento do veículo, desde a solicitação até a finalização da viagem, e receba por e-mail confirmação e informações sobre a corrida. O aplicativo pode ser baixado no Google Play, Apple Store e Windows Store. A estimativa é que, até o início de 2018, todos os ministérios localizados no Distrito Federal estejam utilizando o serviço.

* Com informações do MPOG


Serpro estuda redução de jornada para cobrir eventual reoneração da folha

Informação veio através de comunicado da diretoria da empresa no Rio de Janeiro, que alega que a folha de pagamentos já alcança 70% da receita líquida e não teria como voltar a assumir um aumento de 20% na tributação pela folha.

Diretor da Dataprev que propôs demitir mil funcionários pede exoneração

Desafeto político do presidente da estatal, Leandro Magalhães, Júlio César de Araújo Nogueira foi imposto para a diretoria da empresa pelo ex-ministro do Planejamento, Dyogo Henrique de Oliveira, que, agora, segue para a presidência do BNDES.

TCU: Apenas 14 órgãos têm índices de governança aceitáveis

De acordo com o Tribunal de Contas da União, de um universo de 581 organizações avaliados pelas equipes de auditoria, apenas 3% estariam em estágio aprimorado de governança (Corporativa, de Pessoas, de Contratações e de Resultados).

Câmara aprova urgência para votar a reoneração da folha de pagamento

Empresas de TI e de Call center podem ter de voltar a contribuir com alíquota de 20% , após 90 dias da publicação da nova legislação.

Decreto cria estrutura multissetorial para cuidar da transformação digital

A tradicional SEPIN, secretaria de Políticas de Informática, deixa de existir e se transforma na SEPOD, secretaria de políticas digitais, com Thiago Camargo Lopes à frente. Como política de Estado,  cobrança de resultados acontecerá em diversas pastas.



  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G