NEGÓCIOS

Datacenters e internet das coisas puxam lucro da Intel

Convergência Digital ... 28/07/2017 ... Convergência Digital

A Intel, maior fabricante de chips do mundo, informou alta de 9,1% na receita trimestral, para US$ 14,76 bilhões, impulsionada pela força de seus datacenters e unidade de computadores pessoais, além do segmento de internet das coisas. No período, o lucro líquido fechou em US$ 2,81 bilhões. 

Apenas o segmento de datancenters apresentou faturamento de US$ 4,2 bilhões, enquanto a área relacionada a internet das coisas teve receitas de US$ 721 milhões, o que representa um crescimento de 11% sobre o desempenho de 12 meses antes. As áreas são apostas da Intel com o enfraquecimento do mercado de PCs. 


Cloud Computing
Algar Telecom avança na oferta de PABX na nuvem

Solução, desenhada sob medida em parceria com a Digivox, reúne em uma única plataforma todas as funcionalidades de comunicação interna e atendimento a clientes de qualquer porte.

Trabalha com dados? Você precisa saber o que é o Lifelong Learning

Buscar o constante aprendizado é uma ferramenta essencial para qualquer profissional. Isso vale ainda mais para quem trabalha em uma área dinâmica e que requer pensamento holístico como o profissional de dados.

Unicórnio brasileiro avança operações de pagamento para décimo país

Ebanx anunciou que também vai processar pagamentos no Uruguai. "Unicórnio" com mais de US$ 1 bi, empresa está também no México, Colômbia, Argentina, Chile, Peru, Bolívia, Equador e Uruguai, além do Brasil.

Finplace amplia em mais de 200% a oferta de crédito para PMEs

Criada no final do ano passado, a plataforma já movimentou mais de R$ 50 milhões e contabiliza 108 financiadores e uma carteira com mais de 500 clientes.

No Brasil, 65% das empresas estão bem longe das regras da LGPD

Índice LGPD ABES mostra ainda que 40% das companhias brasileiras sofreram incidentes de violação nos últimos dois anos e 80% assumem que fazem, sim, coleta de dados sigilosos. "Não há mais tempo a perder", adverte o consultor da EY, Marcos Sêmola.

Positivo Tecnologia: "Falta PC para vender no varejo"

Tês meses depois da pandemia, a demanda por PCs aumentou mais de 50% no mercado nacional. “Seguramos a produção por precaução, e, agora, faltam alguns produtos para atender ao varejo", diz Norberto Maraschin Filho, vice-presidente de Negócios de Consumo e Mobilidade da Positivo Tecnologia.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G