INOVAÇÃO

Ser global é uma obrigação para quem quer sobreviver no mercado de TICs

Ana Paula Lobo e Pedro Costa ... 31/07/2017 ... Convergência Digital

O mercado global precisa ser prioridade de negócios, defendeu na Paraná TIC, evento que aconteceu de 26 a 28 de julho, em Foz de Iguaçu, o vice-presidente de Desenvolvimento Global da Velocity Texas, David Fonseca, responsável pelos programas globais para identificar empresas emergentes. Com as facilidades modernas, sustentou, não há por que ignorar o mercado global. 

“No mundo de hoje, todos têm que pensar em globalização. É uma prioridade. O Brasil é um dos grandes influenciadores do hemisfério ocidental e certamente tem as capacidades para ir além de suas fronteiras”, afirmou Fonseca em entrevista à CDTV, do portal Convergência Digital. 

“Há 10 anos era comum ouvir sobre a necessidade de estudar pontos fortes e fracos, para tentar melhorar os pontos fracos. Hoje é preciso capitalizar os pontos fortes e terceirizar o que não é bom. Atualmente, são tantas ferramentas para ajudar que não há desculpa para não ir ao mercado externo", reforçou o executivo. Assistam à entrevista com David Fonseca.


Cloud Computing
Startup investe na nuvem e viabiliza atendimento médico no interior do Amazonas

Portal Telemedicina usa APIs do Google Cloud, Firebase e ML Engine para armazenar dados de pacientes, além de detectar doenças e priorizar atendimento em clínica da cidade de Coari,  localizada a 444 quilômetros de Manaus.

TICs em Foco - TRANSFORMAÇÃO DIGITAL
Prever. Prevenir. Detectar e Responder

Essas são a exigência da remodelagem da gestão de riscos e da segurança organizacional nas corporações.

Google cria desafio e tem US$ 25 milhões para investir em Inteligência Artificial

Programa está com inscrições abertas até o dia 22 de janeiro. Soluções selecionadas serão voltadas para áreas como ciência ambiental, saúde e conservação de espécies.

Economia da cultura deve ser prioridade para o Brasil

O Brasil é muito bom em produzir cultura e não pode menosprezar o valor global de investir em cultura, advertiu o advogado Claudio Lins de Vasconcellos, do Lins Vasconcelos Advogados.

"Nem no século 25 um robô vai tirar o lugar do homem na produção da cultura"

Cultura dá dinheiro e poder ao Brasil, reforçou o advogado Claudio Lins de Vasconcellos, do Lins Vasconcelos Advogados. "Digo sempre que somos Embrapa, Embraer e Cultura. O resto é commodity e commodity não nos levará a lugar nenhum nos próximos 200 anos".

Inteligência Artificial: abrir a caixa preta dos algoritmos é necessário

Para o professor da FGV/RJ Luca Belli, a Inteligência Artificial poderia seguir preceitos éticos com base na conduta e comportamento, da mesma forma como humanos.

CNJ cria laboratório de inteligência artificial para processo eletrônico

Segundo o presidente da Comissão Permanente de Tecnologia da Informação e Infraestrutura do CNJ, Márcio Schiefler, as informações dos bancos de dados dos tribunais são valiosas. “Informação é poder”.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G