GESTÃO

eSocial: empresas de TI precisam contratar seguro de responsabilidade civil

Ana Paula Lobo e Pedro Costa ... 01/08/2017 ... Convergência Digital

As empresas de TI precisam se prevenir e contratar seguros de responsabilidade civil para se protegerem dos possíveis erros do sistema do eSocial, que entra em vigor em janeiro de 2018 para as companhias com receita acima de R$ 78 milhões, advertiu o consultor tributarista e empresarial Lucas Ribeiro, que participou do Paraná TIC, evento realizado de 26 a 28 de julho, em Foz do Iguaçu.

"É necessário pensar que o eSocial vai mudar muito o modelo e, apesar dos testes no sistema, podem acontecer erros", pontuou Lucas Ribeiro. "O eSocial vai impor muito mais rigor à contabilidade e às empresas, que não terão mais 'laranjas' no Simples Nacional para não pagarem tributos. Certamente vamos ter muitas autuações da Receita a partir de 2019", alertou ainda o especialista.

Lucas Ribeiro falou também da tributação sobre os serviços de computação em nuvem e sinalizou que a Receita Federal está se posicionando de forma a criar um imposto que pode vir a aumentar o custo do serviço em até 45%. "Por enquanto, esse aumento está validado para uma única empresa que fez a consulta, mas é necessário ficar muito atento." O consultor também comentou sobre a alta carga tributária imposta ao segmento de TIC. Assistam à entrevista com Lucas Ribeiro.


Amizade no Facebook não desqualifica testemunha em ação trabalhista

Para o TRT de Minas Gerais, se vínculo em redes sociais caracterizasse suspeição não restariam testemunhas em processos trabalhistas. 

TVs de tubo e PCs de mesa viram sucata eletroeletrônica

TV digital aumentou o descarte das TVs analógicas em São Paulo. Impressoras e monitores também estão no top 5 da lista dos eletroeletrônicos jogados fora.

eSocial: empresas de TI precisam contratar seguro de responsabilidade civil

O conselho é do consultor tributarista e empresarial Lucas Ribeiro. Segundo ele, é necessário prevenir-se contra os possíveis erros do sistema do novo regime da Receita.

Banda larga não pode ser vista como custo nas prefeituras

A afirmação é do presidente da Associação dos Municípios do Paraná, Marcel Micheletto. "As prefeituras podem ser protagonistas, mas temos que ter atitude e investir em TIC", reforça.

No Governo, apenas 32% dos serviços foram 100% digitalizados

Levantamento feito pelo Ministério do Planejamento aponta que  ainda há muito por fazer no pais, uma vez que 39% dos serviços estão parcialmente digitalizados e 29% não estão disponíveis para acesso online em nenhuma das etapas.



  • Copyright © 2005-2017 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G