NEGÓCIOS

Startups vão deixar de olhar para o umbigo do Brasil e vão buscar o mundo

Ana Paula Lobo e Pedro Costa ... 01/08/2017 ... Convergência Digital

O mercado nacional é grande e repleto de oportunidades, mas é um equívoco o empresário brasileiro de TI não pensar globalmente. "As startups são o caminho para o Brasil pensar globalmente. Eles têm jovens que não querem mais barreiras. O Brasil é grande, mas o mundo é muito maior", preconiza o presidente da Assespro Nacional, Jeovani Salomão.

Em entrevista à CDTV, do portal Convergência Digital, durante o Paraná TIC, realizado de 26 a 28 de julho em Foz do Iguaçu, organizado pela Assespro Paraná, o presidente da Assespro Nacional disse que é a pressão do cidadão que faz a gestão pública se mobilizar para ampliar a oferta de serviços digitais. "O governo funciona à medida que o cidadão cobra e pressiona; só assim ele começa a agir. Se uma entidade privada oferece serviço pela Internet, o governo também tem de oferecer", afirmou Salomão.

Com relação à MP 774, o presidente da Assespro Nacional considera que ela precisa ser votada até 10 de agosto para assegurar a volta à desoneração da folha. "Se ela não for votada, voltamos ao status anterior, mas certamente o governo vai voltar com a Medida Provisória em 2018. O momento é de ficar atento. O nome desoneração é muito ruim. Nós ganhamos no INSS, mas pagamos mais FGTS e impostos. E ao falar em desoneração parece que o setor de TI não quer pagar imposto e não é isso. Nós empregamos muito", acrescentou Jeovani Salomão.

Ainda de acordo com o executivo, o maior ganho do momento turbulento com relação à competitividade do setor foi a mobilização dos empresários, que foram lutar pelo seu direito junto aos parlamentares e ao governo. "Eles tiveram papel central. Eles agiram como o cidadão que cobra o seu direito". Na percepção do presidente da Assespro Nacional, "o mercado cansou de esperar pelo fim da crise e está se movimentando". Assistam à entrevista com o presidente da Assespro Nacional, Jeovani Salomão.


Cobertura Especial do 2º Seminário Brasscom de Políticas Públicas & Negócios 2017

Telebras desbanca teles e assume rede da Dataprev por R$ 292 milhões

Estatal assume rede que interliga 1,7 mil agências do INSS e data centers no lugar da Embratel, Telefônica, Oi e British Telecom.



Clique aqui e acompanhe a cobertura completa do evento

Porto Alegre se frustra com arrecadação de imposto sobre streaming

Capital gaúcha foi a primeira do país a instituir a alíquota de 2% do ISS (Imposto sobre Serviço) em março deste ano. Mas Fazenda municipal admite: dinheiro que entrou nos cofres públicos foi abaixo do esperado.

Governo Trump bloqueia venda de fabricante de chips para fundo chinês

Venda da Lattice Seiconductor por US$ 1,3 bilhão, anunciada há 10 meses, foi vetada pelos Estados Unidos. 

Alemanha proíbe Microsoft de atualizar Windows sem autorização do usuário

Empresa enviava para usuários do Windows 7 e 8.1 arquivos variando entre 6GB a 8GB para forçar a atualização para o Windows 10. Em comunicado, a Microsoft diz que vai parar de usar essa modalidade no país.

Internet das Coisas cresce quase três dígitos e impulsiona o software

Estudo da Associação Brasileira das Empresas de Software revela que o mercado brasileiro de software e serviços no país ficou em R$ 57 bilhões em 2016, o que coloca o país em 9º lugar no ranking mundial. Brasil possui 15.707 empresas, sendo que 95% delas são consideradas de micro e pequeno porte.

TICs em Foco - TRANSFORMAÇÃO DIGITAL
Prever. Prevenir. Detectar e Responder

Essas são a exigência da remodelagem da gestão de riscos e da segurança organizacional nas corporações.



  • Copyright © 2005-2017 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G