INTERNET

STJ confirma multa de R$ 200 mil ao Google porque manteve vídeo online

Luís Osvaldo Grossmann ... 07/08/2017 ... Convergência Digital

A Terceira Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) manteve condenação do Google ao pagamento de danos morais no valor de R$ 50 mil por não retirar do YouTube vídeo contrário ao então candidato a prefeito de Itamogi, em Minas Gerais. Para a Justiça, a Google, dona do app, deve R$ 50 mil em danos morais e R$ 150 mil em multas diárias. O caso remete ao pleito de 2012.

Segundo a relatora do caso, ministra Nancy Andrighi, “constata-se, nos autos, a ocorrência de diversas notificações judiciais contendo a ordem de remoção do conteúdo infringente da aplicação de compartilhamento de vídeos na internet (YouTube)”. 

“Na hipótese dos autos, a ré foi cientificada, por mais de uma vez, acerca das páginas que continham conteúdo pejorativo e ofensivo à honra do autor, tendo, inclusive, recebido determinação de sua retirada do website. Por esse motivo, não há como afastar a responsabilidade solidária do recorrente por conteúdos ilegais na aplicação YouTube, mesmo que gerados por terceiros, pois todos os requisitos para a configuração da responsabilidade do provedor estão presentes na hipótese.”

O pedido de danos morais e remoção de conteúdo da internet foi ajuizado contra o Google pelo então candidato a prefeito de Itamogi, em Minas Gerais, Osmair Martins. Na eleição ainda de 2012 – na qual acabou escolhido prefeito ainda no primeiro turno – ele alegou que uma pessoa, identificada por meio de pseudônimo, postou vídeo adulterado no YouTube, cujo conteúdo demonstraria suposta tentativa de compra de votos na eleição para prefeito em seu município. 


Começa processo de leilão para 186 endereços ‘.br’

Primeira lista inclui domínios como nao.com.br, chope.com.br e zico.com.br. Outros 500 endereços na internet brasileira estão na fila. Lance mínimo e de R$ 50. 

Tristeza triplica uso de apps e redes sociais

Pesquisa com 200 mil usuários de iPhones sugere que o tempo de uso ‘feliz’ do Facebook é de 22 minutos por dia, em média, enquanto ‘infeliz' chega a 59 minutos. No Netflix, proporção é de 39/81 minutos.

Câmara aprova projeto que só permite acesso a dados em celulares e tablets com ordem judicial

Iniciativa quer reforçar que o acesso a qualquer dado contido em aparelhos eletrônicos, como fotos, aplicativos e conversas em OTTs, como o WhatsApp, só pode acontecer se existir uma medida judicial autorizando.

Foto no Facebook leva a prisão de grupo que roubou R$ 400 mil em joias

Um dos autores, reconhecido três dias após o crime, tinha em seu perfil na rede social foto da mesma motocicleta com a qual fugiram depois do assalto. 

NIC.br torna mais competitivo modelo de liberação do domínio ".br"

Mudanças foram aprovadas pelo Comitê Gestor e entram em vigor no dia 13 de sembro. Ideia é  acelerar a liberação dos domínios devolvidos ou cancelados ao mercado.

Revista Abranet 21 . junho/agosto 2017
Veja a Revista Abranet nº 21 Convenção Abranet 2017 reuniu provedores de Internet na Bahia para debater não apenas o mercado, mas também a atual situação do Brasil.
Veja também: Oportunidades no Wi-Fi; A revolução do blockchain; WannaCry para a Internet e muito mais.
Clique aqui para ver outras edições

Acompanhe a Cobertura Especial do II Congresso Brasileiro de Internet - Abranet

Empresas da Internet pedem mais segurança jurídica

“O Marco Civil da Internet trouxe base sólida para criar parâmetros para se ter lei mínima para a Internet seguir avançando, mas, infelizmente, vemos varias iniciativas tentando modifica-lo", afirmou o presidente da Abranet, Eduardo Parajo.

Acompanhe a Cobertura Especial do II Congresso Brasileiro de Internet

  • Copyright © 2005-2017 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G