TELECOM

Parados no TCU, TACs renascem na MP do parcelamento de dívidas

Luís Osvaldo Grossmann ... 08/08/2017 ... Convergência Digital

Surgiu na Medida Provisória 780, que cria o Programa de Regularização de Débitos não Tributários, uma nova chance para os Termos de Ajustamento de Condutas firmados pelas operadoras de telecomunicações e pela Anatel. A proposta de conversão em lei dessa MP incluiu a possibilidade de que as dívidas possam ser convertidas em compromissos de investimentos. Ou quase. Na versão atual, somente os juros poderão virar TACs. 

A Anatel tenta fazer TACs para, pelo menos, R$ 9,1 bilhões, em valores de 2016 e não corrigidos. Mas primeiro o que seria firmado com a Oi e depois o da Telefônica sofrem resistências do Tribunal de Contas da União. E a agência diz que os acordos só valem se forem assinados na virada para 2018. 

Uma nova possibilidade apareceu em uma das 55 emendas à MP 780, a de número 23, da deputada Gorete Pereira (PR-CE). Ela previa “a conversão, no todo ou em parte, de multas em investimentos”. Mas o relator, Wilder Morais (PP-GO), deu paternidade à Anatel e preferiu salvar “o pagamento do principal em dinheiro” e restringiu eventuais TACs a “juros e multas”. 

“Seguindo a sugestão apresentada por representantes da Anatel na audiência pública para instruir a matéria, estamos propondo alteração no art. 2o da MPV para permitir que o pagamento de juros e multas possam ser parcialmente convertidos em projetos de investimentos compatíveis com as prioridades estabelecidas pelo Poder Executivo. Com essa alteração, espera-se maior adesão de empresas ao PRD, o que garante o pagamento do principal em dinheiro, reforçando o caixa do governo, e, simultaneamente, melhoria da infraestrutura.”

Assim, dentre as quatro possibilidades de parcelamento de dívidas dentro deste programa – em 2, 60, 120 e 240 parcelas – Morais inseriu que no ajuste de 20% mais 239 parcelas mensais os mencionados juros e mora possam virar compromissos de investimentos: 

IV - pagamento da primeira prestação de, no mínimo, vinte por cento do valor da dívida consolidada, sem reduções, e parcelamento do restante, sem descontos, em até duzentas e trinta e nove prestações mensais. 

(...)

§ 7o Ao optar pela modalidade de pagamento prevista no inciso IV do caput, o devedor poderá propor a conversão de parte ou da totalidade dos juros e da multa de mora em compromissos de execução de projetos de interesse do Poder Público, nos termos da regulamentação de cada autarquia ou fundação pública federal, quando a dívida consolidada for superior a cem milhões de reais.”


Em 10 dias, operadoras bloqueiam 1 em cada 344 celulares

Sistema que desabilita aparelhos sem identificação internacional IMEI bloqueou até aqui 37 mil celulares no Distrito Federal e em Goiás, menos de 0,3% do total.

Claro e TIM saem na frente na disputa pelos ativos da Cemig Telecom avaliados em R$ 340 milhões

Empresa promete ter o edital de venda pronto até o final de maio. É uma rara oportunidade para a aquisição de ativos de rede no País.

Operadoras começam a bloquear celulares piratas

Nesta terça-feira, 8/5, os telefones móveis sem IMEI válido habilitados a partir de 22/3 recebem as mensagens de que deixarão de funcionar na quarta-feira, 9/5. Os celulares comprados no exterior, desde que certificados na Anatel, vão continuar funcionando, avisa a agência reguladora.

Anatel volta a negar corte no preço na TV paga por exclusão dos canais Simba

Para agência, saída dos canais da Record, SBT e RedeTV! das grades de empresas de televisão por assinatura não é motivo para intervenção nos valores.

EUA e Brasil lideram fuga de assinantes na TV paga

Estudo com 14 países aponta, no entanto, que em oito deles as empresas estão conseguindo aumentar as receitas apesar da redução na base. O Brasil é um deles.

Telebras nomeia Roberto Pinto Martins para a diretoria

Martins, que já foi da Anatel e dos ministérios de Ciência e Tecnologia e das Comunicações, assume a diretoria técnico operacional.


Veja a revista do 61º Painel Telebrasil 2017
Revista do 61º Painel Telebrasil 2017
A edição de 2017 do Painel Telebrasil enfatizou a necessidade de atualização do modelo de telecomunicações e a definição de uma agenda digital para o País.

Painel Telebrasil 2017 - Cobertura Especial ConvergênciaDigital


Clique aqui e acompanhe a cobertura completa do Painel Telebrasil 2017

  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G