GOVERNO » Política Industrial

Lei de Informática: Governo diz que uma legislação de 25 anos não se muda em 90 dias

Luís Osvaldo Grossmann ... 11/08/2017 ... Convergência Digital

Antes mesmo do recurso que o Brasil vai apresentar à Organização Mundial do Comércio no contencioso sobre a política industrial, os ministérios já mapearam ajustes a serem feitos a partir da decisão final – que não se espera reverter a derrota na ação movida por Europa e Japão. Pelo menos no que a decisão se refere à Lei de Informática, a ideia é preservar o legado desse instrumento. 

“A gente fez uma análise de quais os pontos elencados da OMC e dependendo da decisão final, para cada decisão já temos qual ação imediata temos que tomar dentro do governo para manter o legado da Lei de Informática, que é responsável por grande quantidade de recursos em pesquisa e na fabricação de produtos de tecnologia no Brasil. A gente tem que perpetuar esse legado”, afirma o secretário de Políticas de Informática do MCTIC, Maximiliano Martinhão. 

Em dezembro de 2016 saiu a primeira decisão do painel da OMC sobre os contenciosos abertos pela União Europeia e pelo Japão contra instrumentos da política industrial brasileira. Além da Lei de Informática são questionados instrumentos para o setor automotivo, semicondutores e TV Digital. 

Sustenta Martinhão que “existem maneiras de, dependendo da decisão, a gente se tornar aderente à OMC”. Segundo ele, crucial será o prazo de implementação. “Um ponto ainda em discussão que é fundamental é o prazo de implementação da decisão final, se vai ser 18 meses ou 90 dias. É uma questão fundamental. Porque mudar uma lei que vigorou por 25 anos em 90 dias não dá para ser assim.”


Call centers alegam que aumento no PIS/Cofins cortaria 5% do faturamento

Segmento adere a grita do setor de serviços contra os estudos anunciados pelo Ministério da Fazenda de correção do tributo para compensar perdas de receitas.

Serpro/ITI iniciam atualização dos certificados SSL dos sites do Governo

Instituto Nacional de Tecnologia da Informação informa que serão emitidos certificados digitais na cadeia v2 pela ACSerpro para encerrar as menasgens 'esta conexão não é confiável' nos sites do governo federal. Entidade, no entanto, não divulgou um cronograma de atualização.

MCTIC precisa de R$ 2 bi para fechar ano e fala em 'pressão saudável' por recursos

"Temos que trabalhar, lutar e pressionar, porque não é um recurso que surge do nada. É um recurso muito disputado", advertiu o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab.

Abinee:"Com a nova TLP, o futuro da indústria é bastante nebuloso no Brasil"

Associação da Indústria Elétrica Eletrônica sustenta que a nova Taxa de Longo Prazo (TLP), no lugar da Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP), aprovada na MP 777, vai afetar 69% das empresas do setor que utilizam financiamentos do BNDES como fornecedoras de máquinas, equipamentos, sistemas e componentes.

Assespro e Brasscom defendem sistema distrital misto para a Reforma Política

Em comunicado conjunto, as entidades do setor de TI se mostram contra o financiamento político por parte do Estado e querem as cláusulas de barreira apenas em 2022. "É preciso darmos uma opinião setorial porque é uma reforma estruturante", diz o presidente-executivo da Brasscom, Sergio Paulo Gallindo.



  • Copyright © 2005-2017 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G