Home - Convergência Digital

Profissional do futuro é um análogo do canivete suíço

Convergência Digital - Carreira
Ana Paula Lobo e Pedro Costa - 26/09/2017

As novas tecnologias estão refazendo o perfil do profissional e quem não mudar corre o risco de desaparecer, advertiu o consultor Marcos Semola, ao participar de seminário que discutiu o uso da Inovação e da Tecnologia na Educação, na 15ª do Rio Info.

Segundo ele, o departamento de Recursos Humanos tradicional - que funciona numa caixinha - vai estar sempre ligado às empresas tradicionais. "Vão sempre cumprir ordens", observa. As corporações mais antenadas nem têm mais RH. Elas contratam profissionais capacitados para cumprir o papel de atrair, motivar, preparar e dar suporte ao funcionário para que ele cumpra as suas funções da melhor maneira possível.

O perfil do novo chefe também passa por mudanças, disse Semola. Mais que chefe, esse profissional é um líder que não pode temer os seus funcionários. "Não há mais lugar para o chefe que quer obediência dos seus comandados. Se ele agir assim, vai morrer sozinho no departamento", preconizou. E numa analogia, compara o profissional do futuro ao canivete suíço: esse especialista terá de ter capacidades polivalentes. Assistam a entrevista.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

22/11/2017
Entenda o impacto da Lei complementar 157/16 no setor de Telecom

21/11/2017
Novo ciclo da tecnologia é oportunidade real para as PMEs no Brasil

10/11/2017
Reforma tributária: Telecom fica na categoria do imposto seletivo

09/11/2017
Lei 157 encerra conflito ICMS X ISS nos serviços de TICs

08/11/2017
Transformação digital: desafio é o equilíbrio entre o legado e os novos hábitos

30/10/2017
eSocial desafia as empresas a terem dados 'limpos e bem arrumados'

01/10/2017
Cortar dinheiro de P&D e Inovação é a falência do Brasil

01/10/2017
Juventude do Rio de Janeiro embarca na era da TI

01/10/2017
Com falta de dinheiro, eSocial é estratégico para o orçamento do Governo

01/10/2017
Cientista de dados: profissão exige mente aberta e coração no trabalho

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Quatro lições para dar coragem e autonomia às pessoas

Por Amanda Matos Cavalcante*

As pessoas são os principais e mais importantes ativos de uma corporação.

Destaques
Destaques

Um em cada cinco trabalhadores dependerá da Inteligência Artificial

Confundir IA com automação por conta das previsões pessimistas de perdas de emprego ofusca o maior benefício da tecnologia, adverte o Gartner. Consultoria projeta a criação de dois milhões de novos postos de trabalho, por conta da IA, até 2025.

Linguagem C desbanca Java e Python e assume liderança entre os desenvolvedores

Índice Tiobe mostra ainda que há novas linguagens ganhando força, entre elas, a R, que subiu do 16º lugar para o 8º lugar.

Pessoas selam o sucesso ou o fracasso da transformação digital

Sem funcionários engajados, a estratégia tende a fracassar, pontua o vice-presidente do Gartner, Cassio Dreyfuss.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site