INOVAÇÃO

Inovação: Governo investe menos, empresas um pouco mais. Recursos caem R$ 2,8 bilhões

Convergência Digital* ... 09/10/2017 ... Convergência Digital

A participação do governo caiu entre 2014 e 2015 e passou de 0,67% para 0,64%, mas ainda assim é maior do que a das empresas, que aportaram mais recursos e passaram de 0,57% para 0,61% de 2014 para 2015. No total, o investimento do setor privado do país em pesquisa e desenvolvimento aumentou de R$ 37,4 bilhões para R$ 38,1 bilhões, apesar da crise econômica.

Os dados estão na publicação “Indicadores Nacionais de Ciência, Tecnologia e Inovação 2017” do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC). A publicação, que reúne dados da Pesquisa de Inovação do IBGE (Pintec) e outras fontes, como a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), fornece um retrato sobre a inovação no Brasil.

Segundo o documento, o total do dispêndio nacional em P&D em 2015 foi de R$ 76,5 bilhões, somando investimentos públicos e privados. Isso significa uma queda de 3,5% na comparação com o montante registrado no ano anterior (R$ 79,2 bilhões). Os dispêndios nacionais em pesquisa e desenvolvimento financiados pelas empresas privadas passaram de 0,57% em 2014 para 0,61% no ano seguinte. Já os investimentos públicos sofreram leve redução no mesmo período, passando de 0,67% para 0,64%. Ainda assim, são mais elevados que o do setor privado.

Os investimentos do setor público brasileiro em pesquisa e desenvolvimento também são maiores que os da China (0,44%), Japão (0,54%) e Reino Unido (0,48%). No entanto, nesses três países, o percentual investido pelas empresas, respectivamente, é de 1,54%, 2,72% e 0,82%.

Recursos humanos

O levantamento do MCTIC mostra que 316.495 mil pessoas (pesquisadores e pessoal de apoio) trabalham com pesquisa e desenvolvimento no Brasil. Desse total, 237.585 estão no ensino superior, 69.746 no setor empresarial, 9.935 no governo e 1.816 no setor privado sem fins lucrativos.

O número de pesquisadores cadastrados no Diretório dos Grupos de Pesquisa do CNPq em 2016 supera os 230 mil profissionais nas mais diversas áreas: ciências da saúde, ciências humanas, engenharias e computação, ciências biológicas, agrárias e outras. Já o total de pedidos de patentes depositadas no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (Inpi) caiu de 33.043 para 31.020.

“O indicador é uma questão vital, pois reflete o estágio em que se encontra determinada política pública. Cada vez mais, temos que aprimorar o nosso trabalho de avaliação e monitoramento”, explica o diretor de Gestão Estratégica da Secretaria Executiva do MCTIC, Johnny Santos. “Esse documento permite traçar um panorama bastante amplo e refletir sobre os resultados das nossas políticas públicas. Representa a materialização de um grande esforço”, define. Confira o link para o estudo.

 


TICs em Foco - TRANSFORMAÇÃO DIGITAL
Prever. Prevenir. Detectar e Responder

Essas são a exigência da remodelagem da gestão de riscos e da segurança organizacional nas corporações.

Lei de Informática: MCTIC atualiza regras para aporte de verba de P&D

Resolução da Secretaria de Políticas Digitais aponta regras gerais e específicas para Instituições de Ensino e Pesquisa, Centros ou Institutos de Pesquisa e Desenvolvimento, além de Incubadoras.

Inovação: A luta para transformar uma ótima ideia em um produto no Brasil

Em 2017, o projeto Meu Guia, voltado para dar autonomia a atletas cegos, ficou em 2º lugar em competição internacional. Até agora, não saiu do papel, mas a ideia evoluiu para outro produto, o smart viber.

Governo vai usar R$ 1 bilhão da Finep em saneamento, mobilidade e energia

Com conceito amplo do que vale como inovação, programa batizado Cidades Inovadoras promete linhas de financiamento descentralizadas aos municípios.

FAPERJ prioriza quitação de dívidas com startups

Diretor de Tecnologia da entidade de pesquisa, Maurício Guedes, lamenta o fato de o Brasil não ter conseguido, até agora, estabelecer uma conexão entre a Academia e comunidade empresarial.

Inovação determinou um novo modelo mental na área de TI

Para Fábio Moraes, CIO da Aliansce Shopping Centers, que tem sobre o seu chapéu 31 shopping centers com mais de 6000 lojas, a TI catalisa a pressão pela inovação. "E nem sempre a Tecnologia é quem puxa", observa.



  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G