Home - Convergência Digital

Governo segue sem consenso sobre a MP complementar à Lei Trabalhista

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital* - 11/10/2017

O governo analisa a possibilidade de criar uma Contribuição dos Acordos Coletivos na regulamentação que fará da reforma trabalhista, disse nesta terça-feira (10/10) o ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, após participar de audiência pública na Câmara dos Deputados. "Imposto sindical obrigatório, nunca mais", afirmou.

Ele explicou que o imposto sindical não deixou de existir, mas deixou de ser obrigatório, conforme recomenda a Organização Internacional do Trabalho (OIT). Paralelamente, explicou, está em avaliação a proposta de se criar essa nova contribuição, que serviria para "subsidiar despesas da convenção coletiva".

Esse é um dos pontos em aberto na "possível Medida Provisória" (MP) que o governo elabora para regulamentar pontos da reforma trabalhista. O Executivo se comprometeu a enviar essa MP acatando algumas propostas de senadores à matéria, num acordo que permitiu a aprovação, pelo Senado, do texto que havia passado na Câmara, sem modificações.

Essa MP, porém, ainda não está pronta, nem tem data para tal. Há um mês, o presidente Michel Temer recebeu presidentes de centrais sindicais e indicou que a proposta estaria pronta em cerca de 30 dias. "Estamos dialogando: o Ministério do Trabalho, a Casa Civil, o movimento sindical, os empregadores e a base governista", disse o ministro. "Procuramos observar com muita atenção cada ponto enviado pelo Senado como sugestão e buscamos o consenso", completou.

Fonte: COAD

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

19/12/2017
AGU faz parecer para dizer que Anatel vota como quiser na Oi

29/11/2017
Kassab adverte à Oi: Sem solução de mercado terá intervenção

22/11/2017
Modelo de desoneração da folha não é consenso entre as entidades de TI

22/11/2017
Para Brasscom, desoneração da folha obrigatória arrecada mais do que a opcional

22/11/2017
Call centers preveem o fim imediato de 120 mil empregos com a reoneração da folha

17/11/2017
Fenainfo: exportadoras de software têm de pagar 20% de imposto no Brasil

06/11/2017
Governo promete MP para cumprir acordo e garantir Lei trabalhista

26/10/2017
AGU quer solução geral para a Oi, mas não tratou com credores privados

24/10/2017
Governo tira TI e Call Center da desoneração da folha de pagamento

11/10/2017
Orçamento mais baixo da história é catastrófico para Ciência e Tecnologia

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Quatro lições para dar coragem e autonomia às pessoas

Por Amanda Matos Cavalcante*

As pessoas são os principais e mais importantes ativos de uma corporação.

Destaques
Destaques

Um em cada cinco trabalhadores dependerá da Inteligência Artificial

Confundir IA com automação por conta das previsões pessimistas de perdas de emprego ofusca o maior benefício da tecnologia, adverte o Gartner. Consultoria projeta a criação de dois milhões de novos postos de trabalho, por conta da IA, até 2025.

Linguagem C desbanca Java e Python e assume liderança entre os desenvolvedores

Índice Tiobe mostra ainda que há novas linguagens ganhando força, entre elas, a R, que subiu do 16º lugar para o 8º lugar.

Pessoas selam o sucesso ou o fracasso da transformação digital

Sem funcionários engajados, a estratégia tende a fracassar, pontua o vice-presidente do Gartner, Cassio Dreyfuss.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site