TELECOM

Embratel Star One define fornecedores para novo satélite Star One D2

Convergência Digital* ... 30/10/2017 ... Convergência Digital

A Embratel Star One, operadora regional de satélites do Brasil e da América Latina, anunciou os fornecedores internacionais contratados para construção e lançamento de seu novo satélite, o Star One D2, o segundo da frota de quarta geração, denominada família D. O Star One D2 será construído pela provedora líder de satélites comerciais no mundo SSL e será lançado por um foguete da francesa Arianespace no final de 2019.

O Star One D2 é o décimo segundo satélite da frota da Embratel Star One e o maior já fabricado pela empresa. Ocupando a posição orbital de 70° W, o novo satélite será equipado com as Bandas Ka, para atender às demandas de backhaul de telefonia celular, C e Ku, para complementar as ofertas de capacidade para dados, vídeo, Internet de clientes corporativos e  backhaul celular, além de Banda X para o Ministério de Defesa.

O novo satélite complementará a cobertura de Banda Ka do Star One D1, ampliando as ofertas de backhaul e banda larga para todo o território nacional. O Star One D2 também garantirá a continuidade dos serviços em Banda C e Ku do Star One C2. Com a Banda Ku, o satélite fornecerá capacidade de dados, vídeo e Internet para órgãos do Governo e grandes empresas de diversos setores das Américas do Sul e Central, incluindo o México, além de possibilitar a transmissão de sinais para TV por Assinatura. As ofertas de sinais de TV Aberta serão garantidas pela Banda C.

“Com o Star One D2, vamos ampliar nossas ofertas para o mercado corporativo e acelerar o processo de expansão de backhaul de telefonia celular e de banda larga no Brasil”, diz Gustavo Silbert, Diretor Executivo da Embratel. O Star One D2 terá 6,2 toneladas, uma potência estimada de 19,3 KW e vida útil prevista de mais de 15 anos. Estará equipado com 28 transponders (receptores e transmissores de sinais) em Banda C, 24 transponders em Banda Ku, 20 Gbps de capacidade em Banda Ka e uma certa capacidade em Banda X para uso militar.


Internet Móvel 3G 4G
Caixa Tem amplia compras pelo celular e alcança 2,1 milhões de transações digitais

A partir desta sexta-feira, 29/05, os beneficiários do auxílio emergencial vão poder pagar compras em cerca de 3 milhões de estabelecimentos comerciais do País com o celular. Inicialmente o serviço está disponível nas maquininhas da bandeira Elo.

Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições

Anatel discute quais dados econômicos vão ser coletados das grandes operadoras

Consulta pública sobre os indicadores econômico-financeiros está aberta por 45 dias. 

Anatel afasta redutor de multas em sanções de obrigação de fazer

Provocada pela Telefônica, prevaleceu o entendimento indicado pela AGU de que o regulamento vigente da agência não permite o uso desse incentivo fora das sanções pecuniárias.

Anatel vai discutir uso dos espectros ociosos em consulta pública

Proposta de uso do White Spaces entre frequências outorgadas é cautelosa ao prever uso em áreas rurais e regiões remotas.  Ideia é permtir o uso secundário para telefonia e banda larga em áreas rurais e regiões remotas.

Por mudança no plano de recuperação judicial, Oi adia divulgação de resultados

Operadora deveria divulgar os resultados do primeiro semestre nesta quinta-feira, 28/05, mas adiou para 15 de junho. Mas para conter especulações, Oi disse à CVM que possui R$ 6,31 bilhões no caixa.




  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G