GESTÃO

eSocial desafia as empresas a terem dados 'limpos e bem arrumados'

Ana Paula Lobo e Rafael Benega ... 30/10/2017 ... Convergência Digital

A qualificação dos dados e há uma enorme massa de informações, a maior parte dos funcionários, é hoje o grande trabalho das corporações na adequação ao eSocial, observa a gerente sênior da TOTVS Consulting, Renata Seldin. Em entrevista à CDTV, do portal Convergência Digital, a especialista é taxativa: "Sem dados bem arrumados e limpos, as empresas terão grande dificuldade para usar o ambiente do eSocial".

Os dados sobre o eSocial são bastante preocupantes. A maior parte das empresas, informa a FENACON (Federação Nacional de Contabilidade), não se preparou para o regime, que está previsto para entrar em vigor no dia 01 de janeiro de 2018. Das cerca de 14 mil empresas com receita acima de R$ 78 milhões - que são as primeiras a aderir ao sistema - menos de 1000 se preocuparam em realizar testes no ambiente disponibilizado pelo governo.

Para Renata Seldin, as empresas que estão contando com um novo adiamento por parte do governo estão fazendo uma aposta de alto risco. E quem não começou a trabalhar os dados está muito, muito atrasado. "Uma empresa de porte médio leva, em média quatro meses, para adequar os seus processos ao eSocial". A especialista da TOTVS Consulting admite que a maior parte das corporações enxerga o eSocial como um custo, mas é um momento relevante para colocar a 'casa em ordem'. Assistam a entrevista com Renata Seldin, da TOTVS Consulting.


Carreira
No Brasil, mais de 60% usam smartphone próprio para fins profissionais no horário de trabalho

Pesquisa global mostra que 92% dos brasileiros tiveram acesso ao smartphone, um número 30% acima dos usuários de notebooks (70%). Levantamento também destaca que as mulheres são mais engajadas do que os homens no uso do WhatsApp.

eSocial: Código de Acesso, sem certificação digital, possui validade de três anos

Após esse período, o Código gerado expira e o empregador será convidado a criar um novo. Será necessário informar novamente os números de recibos de entrega da DIRPF ou do Título de Eleitor. Quem usar certificado digital não vai precisar passar por esse processo.

Governo não flexibiliza e mais de 700 mil empresas podem ser excluídas do Simples

A não regularização dos débitos poderá acarretar a exclusão do regime a partir de janeiro de 2019, mas não há facilidades - como houve o REFIS para as grandes empresas - para a quitação da dívida.

Serpro adia consolidação de data centers

Em entrevista à CDTV do portal Convergência Digital, diretor de Operações, Iran Porto Júnior, admite que está delegando a questão para o próximo governo. A consolidação do mainframe de São Paulo seria a primeira etapa da futura integração de todos os serviços no data center de Brasília.

Azul Seguros: erra quem descarta o legado na transformação digital

O CIO da seguradora, Paulo Cesar Imelk, diz que falar é fácil, mas fazer a transformação digital acontecer é muito difícil. "No nosso caso, estamos indo a passos de bebê. Não há guinada", observa.

Decreto amplia uso da terceirização no serviço público

Nova norma cria algumas exceções à terceirização e deixa à cargo do Ministério do Planejamento definir o que poderá ser objeto de “execução indireta”.




  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G