TELECOM

Verizon quer usar Yahoo e AOL para monetizar dados no Brasil

Convergência Digital ... 21/11/2017 ... Convergência Digital

O que começou á uma década com a compra da fabricante de fibras ópticas MCI e chegou mais recentemente até AOL e Yahoo faz parte de uma estratégia que se até aqui foi focada em trafegar dados, agora pretende fazer dinheiro com eles também. 

“A Verizon já trafega informações há anos. Mas não adianta nada coletar, armazenar dados, se não estrutura os dados, não faz negócio ou gera algum modelo de negócios com esses dados. Através das plataformas do Yahoo e AOL, a expectativa é que a gente comece a monetizar isso. Queremos crescer para cima de Google, de Facebook. A gente entra com participação pequena, mas pode crescer rápido”, diz Paulo Pontin, que lidera a empresa no Brasil. 

Ele afirma que a empresa, que tem no negócio wireless 70% de suas receitas globais, vai ser a primeira a ofertar 5G comercialmente no mundo. “A Verizon foi líder no 4G e será novamente no 5G. Já está em operação em laboratórios há dois anos, lançou teste em 11 estados dos EUA em junho e a perspectiva é de lançar comercial em 2018, antecipando em dois anos o que se previa só para 2020.”


Painel Telebrasil 2019
A 63ª edição do principal encontro institucional de lideranças do setor de telecomunicações e TICs acontecerá entre os dias 21 e 23 de maio de 2019, em Brasília. Saiba mais em paineltelebrasil.org.br
Veja o vídeo

Teles vão ao STF contra lei que obriga atendimento em 15 minutos

Nova ação direta de inconstitucionalidade argumenta competência federal sobre telecom para questionar a lei aprovada em São Paulo que dispõe sobre o tempo de espera nas lojas das operadoras.

EUA vai banir Huawei e sugere cortar parcerias com quem não imitar

Em visita ao leste europeu, o secretário de Estado americano, Mike Pompeo, diz que o uso de equipamentos de telecomunicações chineses “dificultam parcerias”.

Teles questionam no STF leis sobre cobrança e desbloqueio de celular

Em duas ADIs, empresas reclamam que leis do Rio de Janeiro invadiram a competência federal para tratar de telecomunicações.

Anatel reserva parte da faixa de 1,9 GHz da Claro para conexões via satélite

Ao analisar prorrogação do uso para telefonia fixa, agência reduziu prazo a cinco anos com vistas a mudar a destinação para o serviço móvel global por satélite.




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G