Home - Convergência Digital

Novas receitas das teles virão do B2B e do B2G

Convergência Digital - Carreira
Ana Paula Lobo e Pedro Costa - 11/12/2017

Não basta o tubo para prover o serviço de Internet das Coisas é necessário que a operadora esteja preparada para trabalhar na oferta fim a fim, observou Júlio Sgarbi, da Huawei Brasil, ao participar do Fórum de Tecnologia e Inovação Oi, realizado nesta segunda-feira, 11 de dezembro, no Rio de Janeiro.

O executivo assegura que novas receitas vão sugir no mercado de B2B e do B2G ( relação com governo).  "A rede atual, a rede legada, não suporta os novos serviços que estão por vir, uma vez que elas estão em silos, com vida útil já no fim", afirma Sgarbi. Assistam a participação de Júlio Sgarbi, da Huawei Brasil.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

13/12/2018
Estado quer impor autoridade pelo poder sancionador

13/12/2018
Assistente Virtual da Oi alcança 600 mil atendimentos

12/12/2018
Só a Anatel pode dar clareza à disputa tributária na IoT

11/12/2018
Oi prorroga prazo para aumento de capital

11/12/2018
Lei do SeAC morreu e gera assimetrias regulatórias absurdas

10/12/2018
Metodologia da Anatel obriga teles irem à Justiça contra valores de multas

10/12/2018
TIM: TAC é o passivo mais rápido para aumentar investimento em redes

10/12/2018
Nova Lei do Direito traz segurança jurídica aos TACs da Anatel

09/12/2018
"O mundo precisa comprar a ideia do 5G nas áreas remotas"

09/12/2018
5G tem vários desafios a serem enfrentados pelo Brasil

Destaques
Destaques

5G exige pelo menos 100 MHz para cada operadora no Brasil

O tema preocupa a coordenação de espectro do 5G Brasil, uma vez que foram destinados 300 MHz na faixa intermediária e há quatro operadoras nacionais.

Segurança cibernética é crítica para o avanço do 5G

O tema é considerado polêmico - até em função das questões políticas que o envolvem como a briga China x EUA -, mas precisa ser debatido, observa Gustavo Correa Lima, engenheiro do CPqD.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Desvende 10 mitos sobre os cartões biométricos

Por Cassio Batoni*

Como toda nova tecnologia, os questionamentos sobre a sua segurança e e a sua confiabilidade ainda existem e são compreensíveis, mas ela veio para ficar. A impressão digital surge como a confirmação principal de que o usuário é quem diz ser.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site