TELECOM

Acionistas mudam comando da Oi, mas direção não reconhece assembleia

Luís Osvaldo Grossmann ... 07/02/2018 ... Convergência Digital

Segue em pé-de-guerra o clima entre acionistas e a direção da Oi. Nesta quarta, 7/2, depois de serem barrados no edifício sede da supertele, acionistas que atenderam à convocação de uma Assembleia Geral Extraordinária pela Pharol (ex-Portugal Telecom) mantiveram a reunião e decidiram trocar o comando da empresa. 

Na AGE, destituíram o presidente Eurico Teles, nomeando para o lugar Pedro Leitão, consultor da Pharol. Trocaram também os diretores financeiro e jurídico por nomes ligados aos portugueses. E ainda indicaram a abertura de uma ação contra Teles por conta dos termos do acordo aprovado pelos credores, que implica em forte diluição dos atuais acionistas. 

Para a direção da Oi, no entanto, essas decisões não têm validade. O entendimento é de que o despacho do juiz substituto da 7ª Vara Empresarial do Rio, Ricardo Campos, na segunda-feira, 5/2, já indicou que tal deliberação carece de suporte. 

“Considerando a homologação realizada, do plano de recuperação, e uma vez judicializada, inviável, sem validade e, sem eficácia, qualquer deliberação extrajudicial que atente contra as questões já homologadas no plano, pois todo jurisdicionado deve obediência irrestrita ao magister dixit, último existente, sem prejuízo de eventual recurso ao próprio Poder Judiciário”, firmou o juiz. 

Tal entendimento já tinha sido sinalizado pela direção da Oi quando indicou que não promoveria a convocação da AGE pedida pela Pharol, que detém 22,23% da operadora brasileira. Em comunicado ao mercado na terça, 6/2, a direção da supertele pontuou que ao rejeitar a reconsideração da homologação do plano, a 7ª Vara Empresarial teria impacto “inclusive no que se refere a não realização da Assembleia Geral Extraordinária da Companhia”. 

Parte dos acionistas, no entanto, foi adiante com a AGE. Além da Pharol, por meio da subsidiária Bratel, e do Société Mondiale – que já reduziu sua participação de 5,28% do capital para 3,67% - a assembleia reuniu cerca de um terço do capital da Oi. E em que pese a posição da 7ª Vara Empresarial do Rio, tentarão validar as decisões junto à Bolsa de Valores. 


Revista do 62º Painel Telebrasil 2018
Veja a revista do 62º Painel Telebrasil 2018 Brasil Digital: O futuro é agora - é o tema da revista do Painel Telebrasil 2018.
Edição, com 104 páginas, consolida os debates realizados no evento, que reuniu a indústria de Telecomunicações.
Clique aqui para ver outras edições

Celulares terão que indicar taxa de radiação emitida

Ao revisar o regulamento que trata da exposição eletromagnética, Anatel prevê 120 dias para que os equipamentos vendidos tragam a informação nas caixas ou manuais.

Bloqueio de celular pirata será estendido a mais 10 estados

A partir de domingo, 23/9, quem tiver aparelho sem IMEI válido vai começar a receber mensagens de que o celular será bloqueado a partir de dezembro. Ativo em Goiás e no Distrito Federal desde fevereiro, sistema bloqueou cerca de 41 mil aparelhos.

TV paga: pirataria tem mais 'assinantes' que a Netflix no Brasil

Consultoria Business Bureau diz que a OTT possui 18% do mercado de assinatura de streaming de vídeo. A Globo Play fica na segunda posição, mas com apenas 4%. Pirataria no Brasil fica bem acima da média da América Latina.

Justiça mantém Pharol e Nelson Tanure fora da Oi até aporte de capital

Juiz Fernando Viana, da 7ªVara Empresarial do Rio de Janeiro, manteve a suspensão dos direitos políticos dos conselheiros e diretores da Oi ligados aos grupos.



Painel Telebrasil 2017 - Cobertura Especial ConvergênciaDigital


Clique aqui e acompanhe a cobertura completa do Painel Telebrasil 2017

  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G