GESTÃO

Senado aprova regras para ofertas via telemarketing

Luís Osvaldo Grossmann ... 14/03/2018 ... Convergência Digital

Passou pela comissão de defesa do consumidor do Senado nesta quarta, 14/3, o projeto de lei 48/18 que estabelece regras para a atuação de serviços de telemarketing. Fica estabelecido que chamadas só podem ser feitas entre 10h e 21h, e a obrigatoriedade de mecanismo de exclusão do número do telefone de novas ofertas. 

O autor do projeto, Roberto Muniz (PP-BA), defende as medidas para frear a insistência inoportuna das ofertas telefônicas. O relator, Armando Monteiro (PTB-PE), sustentou a necessidade de que sejam estabelecidos “padrões mínimos de qualidade para afastar os abusos”. Como foi aprovado em caráter terminativo, o projeto segue direto para a Câmara se não houver recurso para votação em Plenário. 

Pelo texto, fica proibido chamar o mesmo número mais de três vezes no mesmo dia, além de ser obrigatória a definição de uma tecla que permita a quem recebeu a ligação remover seu contato do cadastro do telemarketing por seis meses. Ficam também proibidas ligações por meio de números telefônicos que não aceitem chamadas de retorno e nova oferta que já tenha sido recusada. 


Órgãos públicos estão obrigados a fazer relatórios trimestrais de transformação digital

Monitoramento será acompanhado pela Secretaria Especial de Modernização do Estado da Secretaria Geral da Presidência da República. Norma também aprova 23 planos de transformação digital dos órgãos do governo federal que estão em execução.

Teletrabalho: Brasil somou 8,7 milhões de trabalhadores em home office em junho

Estudo do IPEA mostra que o índice da adesão ao home office no serviço público é mais de três vezes a proporção do setor privado. Em junho, 24,7% dos trabalhadores do setor público exerciam atividade remota, mas, no setor privado, eram apenas 8%.

TCU dispensa papel e adota protocolo 100% digital

Documentos a serem protocolados junto ao Tribunal de Contas da união, para qualquer finaldiade, agora devem ser encaminhados, exclusivamente, por meio dos serviços via internet. 

Trabalho remoto reduziu R$ 466 milhões em despesas de custeio do governo

Levantamento divulgado nesta segunda, 3/8, pelo Ministério da Economia, lista deslocamentos e viagens, além dos serviços de energia elétrica e comunicação como principais cortes com a pandemia de Covid-19.




  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G