GESTÃO

Dataprev diz que seu maior ativo são os mais de 26 bilhões de dados civis

Luís Osvaldo Grossmann e Pedro Costa ... 15/03/2018 ... Convergência Digital

A Dataprev já tem 7,5 milhões de registros ativos em sua plataforma de autenticação para acesso a serviços digitais, revelou nesta quinta, 15/3, o diretor de tecnologia e operações da estatal, Matheus Belin, ao participar do 3º Seminário Brasscom Políticas Públicas & Negócios, em Brasília, nesta quarta-feira, 15/03.

“A Dataprev é detentora de mais de 26 bilhões de dados civis, esse é o nosso maior ativo. E está se posicionando como agente ativa do processo de transformação e entrega de serviços digitais. Já temos plataformas como Meu INSS e a Carteira de Trabalho digital, além de uma a plataforma de identificação, o Cidadão BR, com 7,5 milhões de registros”, afirmou Belin. 

Segundo ele, esse reposicionamento da estatal na oferta de serviços digitais tem um cronograma para a oferta de novos serviços. “Isso melhora o acesso a informação e a serviços que gradualmente a Dataprev está implementando. Já temos o acesso ao seguro desemprego online, em que o cidadão não precisa mais ir a uma agência. No Meu INSS teremos o auxílio maternidade implementado em 2018, assim como o acesso à aposentadoria por tempo de serviço.Assistam a entrevista com o diretor de Tecnologia e Operações da Dataprev, Matheus Belin.


eSocial: Receita faz advertência às empresas do grupo fora do Simples

Fisco adverte aos empregadores do grupo 2, aqueles com faturamento entre R4 4,8 milhões e R$ 78 milhões, sem serem optantes do Simples, para o cumprimento da quata fase: a substituição da GFIP para recolhimento de Contribuições Previdenciárias referente a competência de abril/2019

General assume diretoria de operações do Serpro

Antonino dos Santos Guerra, veterano no comando de áreas relacionadas às tecnologias de informação e comunicações. Ele substitui Iran Martins Porto Junior, que vai para a diretoria de desenvolvimento.

eSocial: Autônomos e trabalhadores rurais devem se cadastrar no site da Receita

A medida faz parte do cronograma de ampliação do eSocial, ferramenta que unifica as prestações de informações dos empregadores em um único ambiente.

E-mail perde vez para as OTTs no consumo da Internet no Brasil

O enviar e receber e-mail foi o único serviço a apresentar recuo de 2016 para 2017 quando se fala de consumo de Internet no Brasil, conforme informações divulgadas da PNAD Contínua TIC 2017, do IBGE. Os aplicativos OTTs conquistaram os assinantes e são usados por 95,5% dos brasileiros.




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G