Convergência Digital - Home

Acesso universal à saúde passa por sistema único de dados na nuvem

Convergência Digital
Luís Osvaldo Grossmann e Pedro Costa - 23/03/2018

O Brasil tem o maior sistema universal de saúde do planeta, com mais de 200 milhões de beneficiários. E a própria grandeza é uma barreira para a incorporação tecnológica. Mas como discutido durante o 3º Seminário Brasscom Políticas Públicas & Negócios, a base é a conectividade que interligue milhares de unidades de atendimento no país.

“Ainda que não se não tem um sistema só, mas que tenha um conjunto mínimo de dados em nuvem, e que a partir do cartão nacional de saúde, do número de cada cidadão. E que esse conjunto de dados possa ser visto em qualquer unidade de saúde. Muita cidade já tem seu sistema. Mas precisa conectividade para que o tráfego desses dados aconteça”, defendeu durante o evento o médico, deputado federal e ex-secretário de gestão do Ministério da Saúde Odorico Monteiro (PSB-CE). Assistam a entrevista com o parlamentar.


Destaques
Destaques

Startup investe na nuvem e viabiliza atendimento médico no interior do Amazonas

Portal Telemedicina usa APIs do Google Cloud, Firebase e ML Engine para armazenar dados de pacientes, além de detectar doenças e priorizar atendimento em clínica da cidade de Coari,  localizada a 444 quilômetros de Manaus.

Next, do Bradesco, endossa multicloud na jornada digital

Banco digital leva aplicações consideradas não estratégicas - como o uso da localização para identificar o endereço do cliente - para a nuvem pública, mas mantém uma cloud privada para as informações mais sensíveis.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Intuição versus análise de dados na gestão

Por Douglas Scheibler*

O poder decisório significa alta responsabilidade e inúmeros riscos. Neste cenário caótico, analisar dados é indispensável e é o que justifica uma determinada medida ser considerada como correta, em um cenário específico, em detrimento de outras.

Data Centers: agora é hora de ver acontecer

Por Gilberto Gonzaga*

O que recentemente era apenas uma tendência já pode ser observado na prática. A expectativa, agora, é que esses movimentos se consolidem cada vez mais e nos levem a uma nova era de conectividade, da qual a América Latina não ficará de fora.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site