Home - Convergência Digital

A profissão de hoje em TI é a do desenvolvimento de algoritmos

Convergência Digital - Carreira
Ana Paula Lobo e Pedro Costa - 23/03/2018

A profissão de TI do momento é a ligada ao desenvolvimento de algoritmos, observa o diretor de Relações Institucionais da Brasscom, Sergio Sgobbi. Em entrevista à CDTV, do portal Convergência Digital, o executivo diz que o mercado está mudando muito rápido e para se pensar em capacitação é preciso entender o momento da Tecnologia.

"Fica complexo falar muito do futuro. Mas é certo que se especializar em áreas como big data e inteligência artificial é um bom negócio", pontua Sgobbi. Com relação à automatização dos processos e à robotização, o diretor da Brasscom admite que funções vão desaparecer, especialmente, as mais repetitivas.

"Quem trabalha nessas funções precisa, agora, pensar em se recolocar, em se capacitar. A tecnologia está avançando muito rápido", aconselha Sgobbi. Atentos a Indústria 4.0, o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), o Ministério do Trabalho e do Emprego, o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços e a Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom) vão atuar para preparar governos, empresas e trabalhadores para as mudanças no mercado de trabalho.

O Fórum Econômico Mundial prevê a perda líquida de 1,7 milhão de postos de emprego no mundo entre 2015 e 2020, especialmente na indústria e na área administrativa. No Brasil, estima-se que 15,7 milhões de trabalhadores serão afetados pela automatização de algumas atividades até 2030 e que 12 mil robôs devem ser comercializados entre 2015 e 2020. Assistam a entrevista com o diretor da Brasscom, Sergio Sgobbi.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

03/08/2018
Rival do WhatsApp, gaúcha Rocket.chat interliga 150 mil servidores

03/08/2018
Blockchain é a globalização para países como o Brasil

18/06/2018
Diferença entre homens e mulheres em TI só cai com mais mulheres no setor

29/05/2018
TCU: o momento é de repensar o papel do Estado

25/05/2018
GSMA: Diferença entre mulheres e homens preocupa na América Latina

24/05/2018
BNDES anuncia três linhas para financiar internet das coisas

24/05/2018
Plano prevê moratória tributária de 10 anos para IoT

03/04/2018
TCU: Apenas 14 órgãos têm índices de governança aceitáveis

23/03/2018
A profissão de hoje em TI é a do desenvolvimento de algoritmos

23/03/2018
Acesso universal à saúde passa por sistema único de dados na nuvem

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Como a expatriação fortalece empresa e funcionários?

Por MarcosSantos*

O processo, que consiste em enviar profissionais para trabalhar na unidade da mesma empresa em outro país, promove uma troca de conhecimento entre a equipe da unidade estrangeira e novo colaborador, uma experiência enriquecedora de ampliação de  expertises e de uma nova atmosfera de trabalho.

Destaques
Destaques

'Jogo de cintura' não é balela. É sobrevivência

Mas toda flexibilidade exige limite. Um profissional precisa ter uma meta, um plano de carreira bem claro. A inflexibilidade também tem um custo para o profissional que se recusa a ver os novos tempos.

Funcionários brasileiros burlam regras de segurança de TI por software e apps

Justificativas para a quebra da hierarquia são variáveis, entre elas desponta 'porque os software baixados são melhores do que o que a minha empresa oferecia". No Brasil, boa parte não entende o efeito da Inteligência Artificial.

Brasileiro revela pavor de perder o emprego

Estudo da Confederação Nacional da Indústria mostra que os profissionais brasileiros nunca ficaram tão preocupados com o emprego quanto agora. Sentimento cresce entre os homens, mas são as mulheres as mais assustadas com a possibilidade de demissões.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site