GESTÃO

Poupinha, o chatbot do Poupatempo, trocou 100 milhões de mensagens com cidadãos

Convergência Digital ... 29/03/2018 ... Convergência Digital

O Poupinha, chatbot do Poupatempo, completou a marca de 100 milhões de mensagens trocadas com cidadãos. Desde que foi lançado, em dezembro de 2016, foram 2,5 milhões de agendamentos concluídos e mais de 300 mil mensagens de agradecimento para o robô. O Poupinha é oriundo da Nama, criada para descompliar a Inteligência Artificial.

Atualmente, a empresa tem focado em avançar sua atuação para as novas verticais de negócio: varejo, instituições bancárias, indústria, fintechs, entre outros. No quarto trimestre de 2017, triplicou sua base de clientes e, para o primeiro semestre de 2018, projeta uma taxa de crescimento de 20%.

Para Rodrigo Scotti, CEO da Nama, vivemos um tempo no qual os chatbots são a melhor opção para as empresas atenderem seus clientes. "Já está provado que os consumidores preferem ser atendidos por mensagens de texto e gostam de receber informações sobre as marcas enquanto fazem compras. Nossa proposta é utilizar o melhor da Inteligência Artificial para reduzir os custos das empresas e estabelecer uma conexão emocional com as pessoas", comenta.

Outro cliente da Nama é a empresa de tecnologia mobile FS que, recentemente, colocou o seu chatbot para responder às dúvidas dos clientes relacionadas à promoção Mude de Vida, que sorteou prêmios para clientes da Ricardo Eletro. O resultado foi que, em uma semana, o assistente desenvolvido pela Nama desafogou em 90% o call center.

A marca de perfumes L'Occitane também contratou os serviços da startup paulista. Seu chatbot presta consultoria ao cliente, o ajuda a escolher o produto mais pertinente para cada situação, indica a loja mais próxima do consumidor, tira dúvidas relacionadas às formas de pagamento, prazo de entrega e eventuais trocas de produto.


INSS conclui a revisão de 10 milhões de eventos no eSocial

Segundo o órgão, apenas 40 empresas de um total de 1.400 inicialmente retidas ainda estão com pendências.

Uber assume o serviço do governo federal TaxiGov, mas em contrato temporário

Desde o dia 25 de abril, o Uber é responsável pelo serviço TáxiGov, que já atendeu cerca de 15 mil servidores e colaboradores do governo federal. Licitação para a contratação pelo período de um ano está em curso, diz a secretaria de gestão do ministério da Economia.

Imposto de Renda: mainframes do Serpro operaram com pico de 89,6% de capacidade

Estatal, responsável pelo recebimento das declarações, disse que o tempo de resposta dos programas ficou em torno de 0,02%. O processamento total dos documentos recebidos termina nesta sexta-feira, 03/05.

Ministério Público regulamenta uso do WhatsApp para intimações judiciais

O Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) regulamentou o uso do WhatsApp para intimações de processos que tramitam no órgão e no Ministério Público.




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G