GOVERNO

Serpro estuda redução de jornada para cobrir eventual reoneração da folha

Luiz Queiroz ... 20/04/2018 ... Convergência Digital

Os funcionários do Serpro, no Rio de Janeiro, receberam uma má notícia através do boletim "Em Tempo", que circula dentro da empresa. A direção estuda reduzir a jornada de trabalho, com a consequente redução do "custo de pessoal", sob alegação de que não teria como arcar com a reoneração da folha de pagamentos, assunto que está sendo discutido ainda no Congresso Nacional.

A direção assegura que eventual medida somente seria implementada, caso haja a aprovação da reoneração da folha pelo Congresso. Mas garante que está estudando "cenários" e que o corpo funcional vem sendo informado em reuniões. Essa medida seria "um dos estudos", segundo o comunicado.

Os executivos alegam que hoje a folha de pagamentos já alcança 70% da receita líquida da empresa e esta não teria como voltar a assumir um aumento de 20% na tributação, caso o Congresso aprove a reoneração.

Em 2011 o Governo Dilma Roussef decidiu promover a desoneração tributária sobre a folha de pagamentos para todas as empresas de Tecnologia, como forma de estimular a geração de empregos e o crescimento econômico. Na época a desoneração foi festejada pelo setor.

A direção do Serpro diz que até julho decidirá qual dos "cenários" será o mais provável de ser implementado. Curiosamente, nenhum outro, além da redução da jornada de trabalho, foi apresentada e explicada aos funcionários neste comunicado.

"A diretoria esclarece que são apenas estudos e quaisquer mudanças serão implementadas conforme a prática dessa gestão, de forma clara e transparente". Pelo menos lembra que tal decisão ainda precisa ser discutida com a base sindical.


Painel Telebrasil 2019
A 63ª edição do principal encontro institucional de lideranças do setor de telecomunicações e TICs acontecerá entre os dias 21 e 23 de maio de 2019, em Brasília. Saiba mais em paineltelebrasil.org.br
Veja o vídeo

Pontes faz o primeiro contato com as teles para definir agenda do setor

SindiTelebrasil se reuniu com o ministro Marcos Pontes (MCTIC) e apresentou a agenda que o setor gostaria de ver solucionada pelo novo governo. À mesa estavam a revisão do Marco Regulatório do setor e o recém-aprovado PGMU, com novas metas de universalização.

Vinte e dois anos depois, governo tenta, mais uma vez, criar uma identidade nacional

Mais um Grupo de Trabalho foi montado para fazer o projeto sair do papel. Objetivo é criar uma base digital que unifique documentos diversos como Registro Geral (RG), Cadastro de Pessoa Física (CPF), Carteira Nacional de Habilitação (CNH), Carteira de Trabalho, Título de Eleitor e Certificado de Reservista.

MCTIC quer destravar acordo Telebras/Viasat por banda larga em 100 dias

Em entrevista ao portal do Palácio do Planalto, o ministro Marcos Pontes ambém falou sobre levar robótica para as salas de aula.

Caio Mario de Andrade é o novo presidente do Serpro

Perfil escolhido para a estatal é de um empreendedor da Internet. Vice-presidência ficará com um servidor de carreira, Wilson Biancardi Coury, que estava cedido à Rede Nacional de Pesquisa.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G