Home - Convergência Digital

Oi corre atrás de cobertura 4G

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital - 23/04/2018

O Rio de Janeiro foi o estado que mais recebeu recursos da Oi em 2017: R$ 1,1 bilhão, um aumento de 17% em relação a 2016. Trata-se de um percentual de crescimento um pouco menor do que os 18,3% do país inteiro, que totalizou R$ 5,6 bilhões no período.

A companhia afirma que o Capex no estado fluminense foi destinado para implantar 94 novos sites de telefonia móvel, enquanto outros 3.299 foram ampliados ou modernizados. A Oi ainda expandiu em 13% o número de acessos para o serviço de banda larga fixa, implantando 91,5 mil novas portas. A cobertura LTE aumentou 35% no período na unidade federativa, que agora conta com a tecnologia em 35 cidades.

Minas Gerais foi a segunda maior em termos de investimento. Foram R$ 417,5 milhões, aumento de 6% comparado ao ano anterior. A empresa implantou 102 novos sites de celular, alem de expandir os acessos de banda larga fixa em 7%, com a implantação de 52,8 mil novas portas. A cobertura 4G avançou 158%, ainda de acordo com a empresa, e totaliza 75 cidades.

Em 2017, a Oi destinou R$ 273,5 milhões para o Rio Grande do Sul, o que permitiu a implantação de 121 novos sites (crescimento de 4%) e a modernização e ampliação de outros 140. A empresa expandiu em 119% os acessos para banda larga fixa com a implantação de 25,5 mil novas portas. O LTE agora chega a 48 cidades gaúchas, número 166% acima do registrado em 2016.

A Bahiarecebeu investimentos de R$ 232,1 milhões no ano passado, um avanço de 11%. Esse valor assegurou a implantação de 116 novos sites de telefonia móvel, além da modernização e ampliação de outros 1.381 sites. A empresa contabilizou ainda 11,6 mil novos acessos de banda larga fixa. A operadora não informou o crescimento da cobertura LTE no Estado, mas afirma disponibilizar a tecnologia em 98 cidades baianas.

A operadora investiu ainda R$ 151,4 milhões no Distrito Federal na ampliação e modernização de 95 sites, além de 4,6 mil novos acessos de banda larga fixa. Já em São Paulo foram R$ 130 milhões, destinados a 121 novos sites de serviço móvel, 2.690 sites ampliados ou modernizados e aumento de 35% na cobertura 4G, oferecendo o serviço em 101 cidades paulistas.

*Com informações das Oi

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

14/11/2018
Embratel vai fornecer 4 mil chips 4G ao governo de Pernambuco

07/11/2018
Vivo amplia voz sobre 4G para 24 cidades em novembro

07/11/2018
CADE aprova ran sharing de frequências entre TIM e Oi

31/10/2018
Pré-pago segue com sangria de linhas. Com 4G, pós-pago chega a 41% do mercado

02/10/2018
4G está presente em 4164 municípios do Brasil

24/09/2018
4G já representa 42% do mercado móvel em todo o mundo

12/09/2018
4G: Belo Horizonte tem melhor cobertura, Porto Alegre maior velocidade

04/09/2018
Cobertura 4G cresce 44% em um ano e chega a 4122 municípios

30/08/2018
4G muda o perfil do consumidor e linhas pós-pagas chegam a 40%

07/08/2018
4G em 700 Mhz está liberado em todas as capitais

Destaques
Destaques

5G exige pelo menos 100 MHz para cada operadora no Brasil

O tema preocupa a coordenação de espectro do 5G Brasil, uma vez que foram destinados 300 MHz na faixa intermediária e há quatro operadoras nacionais.

Segurança cibernética é crítica para o avanço do 5G

O tema é considerado polêmico - até em função das questões políticas que o envolvem como a briga China x EUA -, mas precisa ser debatido, observa Gustavo Correa Lima, engenheiro do CPqD.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Desvende 10 mitos sobre os cartões biométricos

Por Cassio Batoni*

Como toda nova tecnologia, os questionamentos sobre a sua segurança e e a sua confiabilidade ainda existem e são compreensíveis, mas ela veio para ficar. A impressão digital surge como a confirmação principal de que o usuário é quem diz ser.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site