GOVERNO

CDES quer prioridade para proteção de dados e transformação digital

Luís Osvaldo Grossmann* ... 15/05/2018 ... Convergência Digital

O Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social recomendou ao governo federal prioridade à proteção de dados pessoais e à transformação digital do setor público. Os temas foram apresentados no terceiro ciclo dos grupos de trabalho do ‘Conselhão’, abertos na segunda, 14/5.

Ao sustentar ainda a prioridade ao trabalho de digitalização do setor público e dos serviços prestados à população, o ‘Conselhão’ ressaltou que tal medida “deve ser acompanhada de dotação orçamentária adequada e da criação de mecanismos de acompanhamento”.

Entre as recomendações apresentadas, o CDES apontou “a necessidade de criação de mecanismos de proteção aos dados pessoais, com atenção aos projetos em tramitação no Congresso Nacional”. Como indicado pelo GT ‘Revolução Digital’, “o desafio é induzir o desenvolvimento da economia baseada em informação, preservando os direitos individuais”.

Na reunião, o secretário de TICs do Ministério do Planejamento, Luis Felipe Monteiro, indicou que “uma pequena parte destes dados são registros administrativos mantidos e compartilhados internamente no governo para melhor prestação de serviços e a avaliação de políticas públicas. Para este grupo de dados, defende tratamento específico na legislação, sem restringir a responsabilização do próprio governo em caso de uso indevido e eventual dano ao cidadão”.

* Com informações do MPOG e do CDES


Revista do 62º Painel Telebrasil 2018
Veja a revista do 62º Painel Telebrasil 2018 Brasil Digital: O futuro é agora - é o tema da revista do Painel Telebrasil 2018.
Edição, com 104 páginas, consolida os debates realizados no evento, que reuniu a indústria de Telecomunicações.
Clique aqui para ver outras edições

TSE: software usados na urna eletrônica são desenvolvidos no Tribunal

Presidente do STF, ministro Dias Toffoli, também rebateu a suposição de fraude. “Digo apenas que ele (Jair Bolsonaro) sempre foi eleito usando a urna eletrônica. Os sistemas são abertos a auditagem para todos os partidos políticos seis meses antes da eleição, para todos os candidatos e para a OAB”.

Órgãos públicos centralizam atendimento de ouvidorias em um único portal

Novo Decreto obriga a integração dos canais de atendimento de todos os órgãos da administração federal direta. Atualmente existem 386 unidades de ouvidorias federais. A governança ficará com a Controladoria Geral da União.

eSocial já tem 1 milhão de empresas, mas grandes estão atrasadas

Das mais de 12 mil empresas que devem substituir o recolhimento do FGTS até 27/8, menos de 8 mil estão prontas.

Plano de IoT aguarda apenas a assinatura do presidente Temer

"O decreto está pronto", diz Thiago Camargo, da Secretaria de Políticas Digitais do MCTIC. Sobre Transformação Digital, ele lembra que o governo deve atuar como facilitador.



  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G