TELECOM

Plano da Oi é confirmado pela corte da Holanda

Luís Osvaldo Grossmann ... 11/06/2018 ... Convergência Digital

A Oi informou ao mercado nesta segunda, 11/6, que obteve aprovação do plano de recuperação judicial pelo tribunal de Amsterdã, em avanço na homologação internacional do acordo de credores aprovado em dezembro de 2019. Com isso, estão aceitos os termos relacionados às duas subsidiárias holandesas da Oi, a PTIF e a Oi Brasil Holdings Coöperatief (Oi Coop).

“Cada um dos Planos dá efeito ao Plano RJ internacionalmente. Os termos vigentes refletem materialmente os termos do Plano RJ, de modo a assegurar que todos os aspectos materiais do Plano RJ tenham efeito obrigatório para credores e partes interessadas, não apenas no Brasil, mas também em outros territórios, incluindo os Países Baixos e o Reino Unido”, informa a Oi no comunicado.

Segue a íntegra do informe encaminhado à CVM:

"Em conexão com a implementação do Plano de Recuperação Judicial aprovado pelos credores em assembleia geral de credores realizada nos dias 19 e 20 de dezembro de 2017 (o "Plano RJ") , que foi homologado em 8 de janeiro de 2018 pelo Juízo da Recuperação Judicial, tendo a decisão sido publicada no Diário Oficial do Estado do Rio de Jane iro em 05 de fevereiro , informa seus acionistas e o mercado em geral que as audiências de homologação da Portugal Telecom International Finance BV - Em Recuperação Judicial (“PTIF”) e da Oi Brasil Holdings Coöperatief UA - Em Recuperação Judicial (“O i Coo p”) foram realizadas no Tribunal de Amsterdã, Países Baixo , em relação a cada um dos seus planos de composição (composition plans) pela lei holandesa (em conjunto os “Planos” e unicamente “Plano”) aplicável a:

• Notas 6,25% emiti da s pela PTIF com vencimento em 2016 (ISIN nº PTPTCYOM0008) (as “Notas de Varejo PTIF”);
• Notas 4.375% emiti da s pela PTIF com vencimento em março de 2017 (ISIN nº XS0215828913);
• Notas 5, 24 2 % emiti da s pela PTIF com vencimento em novembro de 2017 (ISIN nº XS04414 79804); • Notas 5,875% emiti da s pela PTIF com vencimento em 2018 (ISIN No. XS 0843939918);
• Notas 5,00% emiti da s pela PTIF com vencimento em 2019 (ISIN nº XS0462994343); • Notas 4,625% emiti da s pela PTIF com vencimento em 2020 (ISIN nº XS0927581842);
• No tas 4,50% emiti da s pela PTIF com vencimento em 2025 (ISIN nº XS0221854200) (juntamente com as seis séries listadas acima, o s “Títulos da PTIF”);
• Notas Sênior 5,625% emiti da s pela Oi Coop com vencimento em 2021 (ISIN No. XS1245245045 e XS1245244402); e
• Notas Sê nior 5,75% emiti da s pela Oi Coop com vencimento em 2022 (CUSIP / ISIN Nos. 10553M AD3/US10553MAD39 e P18445 AG4/ USP18445AG42) (juntamente com as séries listadas acima, as “Notas Oi Coop” e, juntamente com as Notas PTIF, coletivamente "Notas").

Cada um dos Planos dá efeito ao Plano RJ internacionalmente. Os termos vigentes refletem materialmente os termos do Plano RJ, de modo a assegurar que todos os aspectos materiais do Plano RJ tenham efeito obrigatório para credores e partes interessadas, não apenas no Brasil, mas também em outros territórios, incluindo os Países Baixos e o Reino Unido.

De acordo com o Código de Falências Holandês, os Planos foram aprovado s por credores da PTIF e da Oi Coop respectivamente em reuniões de verificação realizada s em 01 de junho de 2018. O Tribunal de Amsterdã subsequentemente confirmou os Planos na audiência de homologação. A decisão de homologação está sujeita a um prazo de 8 dias para recurso, após o que os Planos terão efeito e, de acordo com a Lei Holandesa, a PTIF e a OI Coop sairão do estado de falência."


Anteprojeto que muda Fust e Fistel chega ao MCTIC

Anatel encaminhou a proposta como sugestão de uso dos recursos e redução de taxas incidentes sobre a internet das coisas. Mas teles questionam contas.

Teles reduzem índice de queixas dos usuários. Pós-pago foi o mais reclamado

Reclamações contra os serviços de telefonia fixa, móvel, TV por assinatura e banda larga caíram 15,6% no primeiro semestre, de acordo com dados da Anatel. Mas com o impulso do 4G, o celular pós-pago, por conta da cobrança dos pacotes, foi o mais reclamado em junho.

Prejuízo acelera processo de venda da Nextel Brasil

Controladora da operadora, NII Holdings, amargou um prejuízo de US$ 20 milhões, ou R$ 80 milhões, no segundo trimestre. Rumores dão conta que TIM e Telefônica/Vivo disputariam o ativo.

Fundos americanos já concentram 26% da Oi

Depois do York e do Goldentree, operadora informou ao mercado que o fundo Solus ficou com 9,71% do capital. BNDES perdeu participação.

Oi chama ex-presidente da TIM para novo Conselho de Administração

Além dos atuais seis integrantes do conselho transitório, proposta traz mais cinco nomes ao novo conselho, entre eles Rodrigo Abreu, ex-TIM e, hoje, na Quod.

TIM não vai repassar ao cliente custo de contrato com WhatsApp Business

Operadora foi a primeira a fechar um acordo comercial para uso da ferramenta da OTT no Brasil e, neste momento, não vai cobrar dos clientes pelo uso do canal de relacionamento.


Veja a revista do 61º Painel Telebrasil 2017
Revista do 61º Painel Telebrasil 2017
A edição de 2017 do Painel Telebrasil enfatizou a necessidade de atualização do modelo de telecomunicações e a definição de uma agenda digital para o País.

Painel Telebrasil 2017 - Cobertura Especial ConvergênciaDigital


Clique aqui e acompanhe a cobertura completa do Painel Telebrasil 2017

  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G