NEGÓCIOS

Justiça dos EUA libera compra da Time Warner pela AT&T

Luís Osvaldo Grossmann* ... 12/06/2018 ... Convergência Digital

A Justiça dos Estados Unidos liberou nesta terça, 12/6, a compra da Time Warner pela AT&T, negócio de US$ 85,4 bilhões anunciado ainda em outubro de 2016. O governo americano, por meio do Departamento de Justiça, contestou a compra, mas a decisão anunciada não faz qualquer restrição nem impôs condições às empresas envolvidas.

Segundo a CNBC, a AT&T espera concluir o negócio em menos de uma semana, correndo contra uma eventual contestação da decisão desta terça pelo governo de Donald Trump. Com a compra, a maior empresa de telefonia fixa dos EUA, segunda móvel e ainda dona da DirecTV passa a ser também dona de conteúdos como HBO, CNN e o estúdio Warner Bros.

No Brasil, o Cade aprovou a aquisição com condicionantes, entre elas, está a manutenção da Sky Brasil e das programadoras de canais Time Warner como pessoas jurídicas separadas e com estruturas de administração e governança próprias. Mas uma medida cautelar da Anatel, de dezembro de 2017, impede qualquer efeito prático do negócio por aqui até a palavra final da agência, que vinha esperando a decisão da Justiça dos EUA.

Os sinais são de que a decisão favorável ao negócio bilionário vão levar a Comcast, maior operadora de cabo e provedora de acesso a internet nos EUA, a insistir na disputa com a Disney para ficar com a Fox, em aquisição que ainda envolve uma fatia da operadora de satélite britânica Sky. No fim do ano passado, a Disney anunciou o negócio por US$ 52 bilhões, mas a Comcast estaria disposta a superar a oferta e pagar US$ 60 bilhões.

* Com informações da CNBC


Cloud Computing
Maior processadora de cartões migra para multicloud no Brasil

A Fidelity National Information Services (FIS), responsável pelo processamento de mais de 80 milhões de cartõs de crédito no País, contratou o IBM Cloud Private para orquestrar os diferentes sistemas de TI.

3º Seminário Brasscom de Políticas Públicas & Negócios 2018 - Cobertura Especial Convergência Digital
Brasscom lança manifesto para construir um Brasil Digital e Conectado

Entidade quer a colaboração da sociedade e de entidades de TI ou não para entregar um documento aos presidenciáveis. "Tecnologia precisa ser prioridade nacional", diz o presidente-executivo da Brasscom, Sergio Paulo Gallindo.


Veja a cobertura da 3º Seminário Brasscom de Políticas Públicas & Negócios 2018

Empresas nacionais de software contábil se unem e criam a Joint Venture

SCI, Tron, Mastermaq, Fortes e a empresa de sistemas de gestão ERP na nuvem Omie seleram um acordo para criar a Joint Venture, que entra em operação no começo de 2019, com aporte de R$ 40 milhões.

Uber pagará R$ 500 milhões para encerrar caso de vazamento de dados de 57 milhões de usuários

Empresa vai pagar a 50 Estados norte-americanos para por um ponto final no caso, que aconteceu em 2016, mas só foi revelado no final de 2017.  Os dados de 196 mil brasileiros também vazaram. O valor acertado é o maior da história.

Demora do INPI deixa marca iPhone grátis para Apple no Brasil

Sete anos antes da fabricante americana lançar o aparelho, brasileira Gradiente pediu registro da marca no Brasil. INPI, no entanto, só concedeu o registro em 2008.

BRPhotonics: sem dinheiro, morreu o sonho de fazer chip no Brasil

Ativos da companhia foram vendidos para três empresas. Os R$ 15 milhões aportados pela FINEP não sustentaram o negócio.

TICs em Foco - TRANSFORMAÇÃO DIGITAL
Prever. Prevenir. Detectar e Responder

Essas são a exigência da remodelagem da gestão de riscos e da segurança organizacional nas corporações.



  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G