GOVERNO » Compras Governamentais

Vivo e Claro vencem pregão de telefonia para governo por R$ 68 milhões

Luís Osvaldo Grossmann ... 15/06/2018 ... Convergência Digital

Vivo e Claro foram as vencedoras do megapregão de telefonia, pelo qual o governo federal contratou serviços fixos e móveis para 367 órgãos públicos. No total, as teles venceram com lances combinados que somam R$ 68,35 milhões, mas esse valor corresponde a contratos de 24 meses – mas que poderão ser prorrogados até 60 meses.

A estratégia da compra conjunta parece ter favorecido a queda dos preços para um quarto do estimado no edital, que tinha como valor de referencia R$ 287,26 milhões. A ata de registro de preços inclui telefonia e o fornecimento de aparelhos celulares e modems.

O edital dividiu a disputa em sete lotes. O primeiro deles com a combinação dos serviços fixo e móvel, enquanto outros cinco apenas fornecimento de STFC, segregados por DDD. O último lote é somente Para SMP, esse para todos os códigos nacionais. Na divisão, a Telefônica Vivo ficou com o primeiro lote, mais valioso, por R$ 48,16 milhões. A Claro levou os demais, que juntos somam R$ 20,19 milhões.


Painel Telebrasil 2019
A 63ª edição do principal encontro institucional de lideranças do setor de telecomunicações e TICs acontecerá entre os dias 21 e 23 de maio de 2019, em Brasília. Saiba mais em paineltelebrasil.org.br
Veja o vídeo

Vanderlan Cardoso, de Goiás, será o novo presidente da CCT no Senado

Na divisão acertada entre os líderes partidários, a comissão de Ciência e Tecnologia ficou com o PP e o indicado é o empresário goiano em seu primeiro mandato como senador. Uma das primeiras missões dele será a votação do PLC 79/2016, que altera o marco de Telecom.

Ex-CIO da Telefônica desponta como nova presidente da Dataprev

A nomeação de Christiane Almeida Edington ainda não saiu no Diário Oficial, mas é dada como certa pelo site Antagonista. Executiva tem no currículo o comando da  fusão da Telefônica com a Telemig Celular na área de TI.

Telebras e Viasat assinam aditivo ao contrato investigado pelo TCU

Estatal informa que encaminhou o novo contrato ao Tribunal, mas não revela se atendeu a exigência de baixar o preço das antenas.

Dataprev cria programa de demissão voluntária e aumenta rumor de extinção ou privatização

Resolução traz uma série de requisitos para a adesão dos funcionários. Um deles é ter mais de 120 meses de vínculo laboral.

MCTIC define nomes do time executivo para TICs

Artur Coimbra, José Gontijo e Octavio Caixeta foram mantidos nas suas funções no ministério. Artur Coimbra, por exemplo, seguirá à frente da diretoria de Banda Larga na Secretaria de Telecomunicações e está na força-tarefa para facilitar a instalação de antenas no País.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G