Home - Convergência Digital

Qualcomm é primeira vítima da guerra travada entre EUA e China

Convergência Digital* - 26/07/2018

Fracassou a compra da NXP Semicondutores pela Qualcomm, fazendo da desenvolvedora de chips americana a primeira vítima da guerra comercial que o governo de Donald Trump abriu contra a China. Sem sinalização positiva das autoridades antitrustes chinesas dentro do prazo estipulado, o negócio de US$ 47 bilhões anunciado ainda em 2016.

A NXP é a principal fornecedora de chips automotivos do mundo. A empresa é holandesa, mas tem dois terços de suas receitas na China, o que implicou em uma autorização do Ministério do Comércio daquele país para que as tratativas fossem adiante. A oferta, inicialmente de US$ 38 bilhões, cresceu para US$ 47 bi depois de a NXP reclamar que o valor era muito baixo.

Como o ok do governo chinês não veio, a Qualcomm confirmou que vai pagar os US$ 2 bi de ‘multa’ à NXP pela não concretização do negócio. “Obviamente fomos atingidos por algo que está acima de nós”, afirmou o  presidente da empresa americana Steve Mollenkopf. A NXP anunciou a recompra de US$ 5 bilhões em açõe para compensar os investidores.

* Com informações da Reuters

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

14/09/2020
Nvidia compra Arm por R$ 212 bilhões e mira celulares, IoT e nuvem

15/06/2020
Indústria de semicondutores reage à liquidação da Ceitec

11/05/2020
Governo dos EUA pressiona por fábrica estatal de chips

17/04/2020
Nuvem em alta, celulares em baixa derrubam vendas de memórias

16/05/2019
Após três anos em alta, ganhos em semicondutores vão cair 7,2% em 2019

09/08/2018
Intel vendeu US$ 1 bilhão em chips de inteligência artificial

26/07/2018
Qualcomm é primeira vítima da guerra entre os EUA e a China

26/07/2018
Qualcomm é primeira vítima da guerra travada entre EUA e China

03/04/2018
Apple planeja trocar Intel por chips próprios nos Macs

07/03/2018
Finep e BNDES querem garantias para novo aporte na Unitec Semicondutores

Destaques
Destaques

Conexão no campo pode render até R$ 50 bilhões em dois anos

Estudo do Ministério da Agricultura e Pecuária (MAPA) revela que, hoje, faltam quase 15 mil antenas e torres para ofertar o serviço necessário para a digitalização do agronegócio. Os números foram revelados no Painel Telebrasil 2020.

Vitor Menezes, Minicom: Vamos brigar por um leilão 5G não arrecadatório

O Ministério das Comunicações sinalizou às operadoras que trabalha para convencer os colegas de Esplanada a concentrar os valores envolvidos no leilão do 5G em compromissos de cobertura, minimizando o preço a ser pago ao Estado, afirmou o secretário de Telecomunicações, Vitor Menezes, ao participar do Painel Telebrasil 2020.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Internet 5G traz disrupção para Telecomunicações até no modelo de negócio

Por Eduardo Grizendi*

Na RNP, estabelecemos um objetivo estratégico ambicioso – o de prover uma ciberinfraestrutura, segura, de alto desempenho e disponibilidade e, ao mesmo tempo, ubíqua, onipresente, em qualquer lugar e a qualquer hora, para nossas comunidades de educação, pesquisa e inovação.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site