Home - Convergência Digital

Oi leva chatbot para o WhatsApp Business sem cobrar do assinante

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital* - 08/08/2018

Em mais uma etapa de sua estratégia de transformação digital no relacionamento com os clientes, a Oi expandiu seu assistente virtual (chatbot) para o WhatsApp Business Solution, depois de dois meses em que os clientes já vinham testando esta solução, numa iniciativa inovadora no mercado de telecom. Não haverá repasse do custo do serviço - o WhatsApp está cobrando, em média, R$ 0,03 por mensagem - ao consumidor.

O atendimento, que já está disponível no portal da Oi (oi.com.br/minha-oi) e no Messenger (m.me/OiOficial), na página oficial da Oi no Facebook, passa a contar com mais um canal de alta relevância para auxiliar nas necessidades do dia-a-dia dos clientes. Após os dois meses de testes, a solução de negócios do WhatsApp se mostrou bastante efetiva para os clientes da Oi, que ganharam mais uma opção de consulta e recebimento das informações para pagamento de sua conta. “A Oi está focada na transformação tecnológica e digital, dando continuidade à melhoria contínua dos serviços oferecidos e também do relacionamento com os clientes”, comenta o presidente da Oi, Eurico Teles.

“Estamos expandindo oficialmente o assistente virtual para mais um canal, desta vez o WhatsApp Business Solution. A ideia é dar cada vez mais autonomia ao cliente”, completa José Claudio Moreira Gonçalves, diretor de Operações da Oi. O assistente virtual (chatbot) já alcançou 400 mil atendimentos via web, Facebook Messenger e WhatsApp para fornecer dados de pagamento da fatura dos produtos Fixo, Banda Larga, Pós e Oi Total, chegando ao patamar de 100 mil atendimentos por mês, com mais de 75% de satisfação dos clientes. Além disso, 94% dos clientes que buscaram os dados de pagamento através do assistente virtual não ligaram para o call center.

Lançada em fevereiro deste ano, a solução de assistente virtual da Oi utiliza o IBM Watson (plataforma de inteligência artificial na nuvem) e foi criada para entender as necessidades dos clientes e prover uma experiência digital diferenciada de atendimento nos mais variados canais. Atualmente, o assistente interage via mensagens, fornecendo as informações para pagamento de conta (código de barras, valor e vencimento), além de ajudar o cliente a lembrar a data de pagamento, sempre três dias antes e no próprio dia do vencimento.

Novas funcionalidades estão sendo incluídas no assistente, com base no mapeamento das principais necessidades dos clientes, sempre com foco na solução efetiva dos problemas e na melhor experiência de uso. Abaixo, a forma de usar a nova ferramenta.

- WhatsApp: adicione o contato (71) 3131-3131 na agenda e envie um “Oi”

- Messenger: m.me/OiOficial

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

17/08/2018
Pharol vai aumentar capital para não perder vez na Oi

16/08/2018
Oi investe R$ 569,2 milhões e amplia 4G e banda larga fixa no Rio

16/08/2018
Oi adia assembleia que vai eleger novo Conselho de Administração

14/08/2018
Oi quer aumento de capital rápido para investir em fibra e 4G ainda em 2018

09/08/2018
Justiça recusa Oi e mantém contrato entre Telebras e Dataprev sem licitação

08/08/2018
Oi leva chatbot para o WhatsApp Business sem cobrar do assinante

06/08/2018
Fundos americanos já concentram 26% da Oi

02/08/2018
Oi chama ex-presidente da TIM para novo Conselho de Administração

02/08/2018
Oi marca assembleia sobre capital e novo conselho

01/08/2018
Justiça de Portugal rejeita plano de recuperação judicial da Oi

Destaques
Destaques

4G já alcança metade dos celulares no Brasil

No fim do primeiro semestre de 2018, país contava com 118 milhões de chips de quarta geração.

Banda larga móvel: América Latina cobra até três vezes mais pelo espectro

"Políticas de espectro que aumentam os preços e concentram-se em ganhos de curto prazo são incompatíveis com a economia digital", adverte o diretor da GSMA, Sebastián Cabello.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

A IA vai virar a economia de "cabeça para baixo" como um tsunami!

Por: Eduardo Prado *

O impacto só não vai ser mais ser mais rápido nas economias dos países por causa da falta de mão de obra de Inteligência Artificial por conta da carência de especialistas como cientistas de dados.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site