Home - Convergência Digital

Oi leva chatbot para o WhatsApp Business sem cobrar do assinante

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital* - 08/08/2018

Em mais uma etapa de sua estratégia de transformação digital no relacionamento com os clientes, a Oi expandiu seu assistente virtual (chatbot) para o WhatsApp Business Solution, depois de dois meses em que os clientes já vinham testando esta solução, numa iniciativa inovadora no mercado de telecom. Não haverá repasse do custo do serviço - o WhatsApp está cobrando, em média, R$ 0,03 por mensagem - ao consumidor.

O atendimento, que já está disponível no portal da Oi (oi.com.br/minha-oi) e no Messenger (m.me/OiOficial), na página oficial da Oi no Facebook, passa a contar com mais um canal de alta relevância para auxiliar nas necessidades do dia-a-dia dos clientes. Após os dois meses de testes, a solução de negócios do WhatsApp se mostrou bastante efetiva para os clientes da Oi, que ganharam mais uma opção de consulta e recebimento das informações para pagamento de sua conta. “A Oi está focada na transformação tecnológica e digital, dando continuidade à melhoria contínua dos serviços oferecidos e também do relacionamento com os clientes”, comenta o presidente da Oi, Eurico Teles.

“Estamos expandindo oficialmente o assistente virtual para mais um canal, desta vez o WhatsApp Business Solution. A ideia é dar cada vez mais autonomia ao cliente”, completa José Claudio Moreira Gonçalves, diretor de Operações da Oi. O assistente virtual (chatbot) já alcançou 400 mil atendimentos via web, Facebook Messenger e WhatsApp para fornecer dados de pagamento da fatura dos produtos Fixo, Banda Larga, Pós e Oi Total, chegando ao patamar de 100 mil atendimentos por mês, com mais de 75% de satisfação dos clientes. Além disso, 94% dos clientes que buscaram os dados de pagamento através do assistente virtual não ligaram para o call center.

Lançada em fevereiro deste ano, a solução de assistente virtual da Oi utiliza o IBM Watson (plataforma de inteligência artificial na nuvem) e foi criada para entender as necessidades dos clientes e prover uma experiência digital diferenciada de atendimento nos mais variados canais. Atualmente, o assistente interage via mensagens, fornecendo as informações para pagamento de conta (código de barras, valor e vencimento), além de ajudar o cliente a lembrar a data de pagamento, sempre três dias antes e no próprio dia do vencimento.

Novas funcionalidades estão sendo incluídas no assistente, com base no mapeamento das principais necessidades dos clientes, sempre com foco na solução efetiva dos problemas e na melhor experiência de uso. Abaixo, a forma de usar a nova ferramenta.

- WhatsApp: adicione o contato (71) 3131-3131 na agenda e envie um “Oi”

- Messenger: m.me/OiOficial

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

19/10/2018
Oi amplia zero rating para WhatsApp e Messenger no pré-pago

18/10/2018
Oi e Huawei preparam piloto que une videomonitoramento e IA

14/10/2018
Top2You: A aceleradora de gente que tem como negócio incentivar a conversa

14/10/2018
Energy2go planeja ter 400 pontos de energia móvel no Rio de Janeiro

14/10/2018
Oi estimula DNA da inovação para ousar na transformação digital

14/10/2018
O Oito é a liberdade da Oi de fazer diferente

11/10/2018
STJ decide submeter à arbitragem mediação de discussões entre sócios e Oi

11/10/2018
Oi faz força-tarefa por fibra óptica e baixa preço da banda larga em cobre

04/10/2018
Roger Solé, ex-Vivo e TIM, completa novo Conselho de Administração da Oi

28/09/2018
Oi é obrigada a manter ligações de orelhões gratuitas em 11 estados

Destaques
Destaques

FCC, dos EUA, impõe ‘Lei das Antenas’ para acelerar redes 5G

Regra aprovada pelo regulador dos Estados Unidos prevê entre 60 e 90 dias como prazo máximo para licenças de instalação de equipamentos, em especial, para as small cells. Lá também há burocracia e o prazo de espera pode chegar a um ano. No Brasil, a situação não é diferente.

BNDES recebe 54 projetos de IoT e selecionados terão apoio de R$ 30 milhões

São 23 projetos que propõem soluções de Internet das Coisas para cidades, 17 para saúde e 14 para campo. Juntos, envolvem investimentos de R$ 360 milhões. Banco vai selecionar, até outubro, as empresas que vão receber empréstimos não reembolsáveis.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Desvende 10 mitos sobre os cartões biométricos

Por Cassio Batoni*

Como toda nova tecnologia, os questionamentos sobre a sua segurança e e a sua confiabilidade ainda existem e são compreensíveis, mas ela veio para ficar. A impressão digital surge como a confirmação principal de que o usuário é quem diz ser.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site