GOVERNO » Legislação

Blockchain vai pagar imposto no Brasil

Ana Paula Lobo e Pedro Costa, de Foz do Iguaçu ... 10/08/2018 ... Convergência Digital

O Blockchain vai pagar imposto no Brasil e como tem forte similaridade com o software, deverá ser alvo de disputas de tributos como ocorre hoje em relação ao ICMS e ao ISS no software, adverte o advogado e consultor tributário da ROIT, Cleiton Sacoman.

Em entrevista à CDTV, do portal Convergência Digital, concedida durante o My Inova Summit, realizado nos dias 02 e 03 de agosto, em Foz do Iguaçu, com organização da Assespro Paraná, o especialista adverte para o limbo jurídico que está por vir. "A tecnologia avançou muito rápido. O Banco Central não reconhece a criptomoeda como moeda, mas como ativo econômico, passível de cobrança de impostos e isso determina uma legislação que hoje não existe", relata o advogado.

Com relação à bitcoin como meio de pagamento, Sacoman diz que ela paga imposto como ganho de capital. Ou seja, até R$ 35 mil não há qualquer incidência de tributos, mas a partir de R$ 35.001, haverá de se pagar, na pessoa física, de 15% a 27,5%. Assistam a entrevista com Cleiton Sacoman.


Painel Telebrasil 2019
A 63ª edição do principal encontro institucional de lideranças do setor de telecomunicações e TICs acontecerá entre os dias 21 e 23 de maio de 2019, em Brasília. Saiba mais em paineltelebrasil.org.br
Veja o vídeo

Pontes: Corte de 42% no orçamento deixa MCTIC 'com a corda no pescoço’

“Ao longo dos anos o ministério veio perdendo prestigio e o orçamento veio caindo. Precisamos de muito apoio para melhorar o orçamento para o ano que vem, porque  o deste ano já está feito”, afirmou o ministro Marcos Pontes.

Receita Federal decide cobrar IPI das impressoras 3D

Para o Fisco, a atividade de impressão em 3D caracteriza-se como uma operação de industrialização na modalidade de transformação.

"Espero que dinheiro da base de Alcântara não vire outro FUST", diz Marcos Pontes

Segundo explicou no Senado Federal, o acordo é uma autorização dos Estados Unidos para lançamentos de foguetes na base brasileira. Mas não há ainda definição de quem vai ficar com os recursos da operação comercial da base.

Félix Mendonça Junior (PDT-BA) é o novo presidente da CCT da Câmara

Parlamentar que dar atenção especial  para a discussão da chegada do 5G no Brasil e também nas novas tecnologias, entre elas, o reconhecimento facial.

Ministério da Economia vai concentrar pagamentos ao Serpro por base do CPF

Órgãos públicos têm 12 meses para estarem todos ligados à plataforma de interoperabilidade dos dados federais, ConectaGov. Contratos com Serpro serão firmados e assumidos pela Secretaria de Governo Digital, revela ao Convergência Digital, o secretário Luis Felipe Salin Monteiro.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G