GOVERNO

Meirelles: Registro de patentes será prioridade no gabinete digital

Ana Paula Lobo e Rafael Mariano ... 21/08/2018 ... Convergência Digital

Se vencer a eleição presidencial, o candidato do MDB, Henrique Meirelles, prometeu a criação de um gabinete digital, que teria a função de criar normas de digitalização do governo federal e também a de gerar políticas de fomento à inovação. "A digitalização do governo federal é uma obrigação", disse Meirelles, em entrevista à CDTV, do portal Convergência Digital, após sua participação no evento Brasil 2022, realizado pela Associação Brasileira de Empresas de Software (ABES), em São Paulo.

Meirelles disse que uma das medidas prioritárias do gabinete digital será o de reduzir o prazo para a concessão de patentes. "Há pedidos que estão esperando nove anos no INPI enquanto que nos paíse que mais inovam, esse tempo é muito inferior", disse. O candidato do MDB assumiu a paternidade do eSocial (regime que vai tornar a comunicação entre empresas e governo 100% online na questão trabalhista) e assegurou que a tecnologia será prioridade na sua gestão. "A digitalização é um passo que não tem mais volta".

Sobre os cortes de verbas para Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações, Meirelles admitiu que eles aconteceram, mas disse que o momento é o de arrumar a casa para o País se permitir dar um salto. "Só vamos ter dinheiro se fizermos as reformas necessárias". Assistam a entrevista com o candidato do MDB, Henrique Meirelles.


Painel Telebrasil 2019
A 63ª edição do principal encontro institucional de lideranças do setor de telecomunicações e TICs acontecerá entre os dias 21 e 23 de maio de 2019, em Brasília. Saiba mais em paineltelebrasil.org.br
Veja o vídeo

Félix Mendonça Junior (PDT-BA) é o novo presidente da CCT da Câmara

Parlamentar que dar atenção especial  para a discussão da chegada do 5G no Brasil e também nas novas tecnologias, entre elas, o reconhecimento facial.

Dataprev registra aumento de 10% no lucro e alcança R$ 151 milhões em 2018

Segundo relatório da administração, receitas cresceram 2,9%, enquanto os custos subiram 2%. Investimentos chegaram a R$ 182 milhões. Maior parte dos recursos foi gasto em segurança da Informação e nas licenças Oracle. Governo deve quase R$ 400 mil reais à estatal.

Ex-VP de TI da Vivo assume comando da Dataprev

Christiane Edington, que ficou oito anos à frente da área de tecnologia da operadora, tomou posse na quinta, 28/2, durante reunião do conselho de administração da estatal.

Telebras vai agir para ser lucrativa e não ser vendida no Governo Bolsonaro

“Queremos implantar parcerias e empreender novos ritmos, com metas atingíveis e consolidar o nome da Telebra”, afirmou o novo presidente da estatal, Waldemar Ortunho Junior, em primeiro encontro com funcionários. Ministro Marcos Pontes participou da reunião.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G