GOVERNO

Kátia Abreu: Tecnologia é pilar básico do projeto de desenvolvimento

Ana Paula Lobo e Rafael Mariano ... 21/08/2018 ... Convergência Digital

A tecnologia precisa estar presente desde o início da vida escolar para se transformar em algo cotidiano, natural, pois não há desenvolvimento efetivo sem ela. Foi o que defendeu a candidata a vice-presidente na chapa de Ciro Gomes (PDT), Kátia Abreu, ao participar do evento Brasil 2022, realizado pela Associação Brasileira de Empresas de Software (ABES), em São Paulo, realizado nesta segunda-feira, 20/08.

“Ouso dizer que todo o projeto de Ciro Gomes está calcado em um país de base tecnológica e de conhecimento. Sem esses pilares não há desenvolvimento. E não sou eu que digo, mas o mundo. Olha todos os setores e os países que cresceram e se desenvolveram. Nenhum fez isso sem tecnologia. E o Brasil tem um grande exemplo na agricultura”, afirmou, ela mesma empresária e pecuarista e ex-ministra da agricultura durante o segundo governo de Dilma Rousseff.

“Só nos transformamos de grande importador para exportador de alimentos graças à inovação, tecnologia, pesquisa, ciência. Através da Embrapa e universidades importantes do país. Nos outros setores não é diferente. Um país de base tecnológica é onde desde o jardim de infância, da alfabetização, do ensino fundamental pensando pesquisa, cientista não pode ser um extraterrestre, mas algo da vida cotidiana. Então temos que começar ainda no ensino básico. Não dá para falar de projeto de país sem ciência e tecnologia”.

Isso passa, insistiu, pela oferta de conectividade à internet aos estudantes. “Dentro das escolas, no ensino básico, médio, nem se fala. Precisamos conectar e educar nossos jovens através de plataformas digitais. Todo mundo já tem um celular, que não deixa de ser uma plataforma. Temos que usá-los para o bem, não apenas como brinquedos. Embora brincando a gente possa aprender muito, mas de forma mais dirigida, organizada e elaborada dentro das escolas.” Assistam a entrevista com a candidata à vice-presidência da República pelo PDT, Kátia Abreu.


Painel Telebrasil 2019
A 63ª edição do principal encontro institucional de lideranças do setor de telecomunicações e TICs acontecerá entre os dias 21 e 23 de maio de 2019, em Brasília. Saiba mais em paineltelebrasil.org.br
Veja o vídeo

Pontes faz o primeiro contato com as teles para definir agenda do setor

SindiTelebrasil se reuniu com o ministro Marcos Pontes (MCTIC) e apresentou a agenda que o setor gostaria de ver solucionada pelo novo governo. À mesa estavam a revisão do Marco Regulatório do setor e o recém-aprovado PGMU, com novas metas de universalização.

Vinte e dois anos depois, governo tenta, mais uma vez, criar uma identidade nacional

Mais um Grupo de Trabalho foi montado para fazer o projeto sair do papel. Objetivo é criar uma base digital que unifique documentos diversos como Registro Geral (RG), Cadastro de Pessoa Física (CPF), Carteira Nacional de Habilitação (CNH), Carteira de Trabalho, Título de Eleitor e Certificado de Reservista.

MCTIC quer destravar acordo Telebras/Viasat por banda larga em 100 dias

Em entrevista ao portal do Palácio do Planalto, o ministro Marcos Pontes ambém falou sobre levar robótica para as salas de aula.

Caio Mario de Andrade é o novo presidente do Serpro

Perfil escolhido para a estatal é de um empreendedor da Internet. Vice-presidência ficará com um servidor de carreira, Wilson Biancardi Coury, que estava cedido à Rede Nacional de Pesquisa.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G