GOVERNO

Brasil e o uso da Tecnologia no olhar dos presidenciáveis

Convergência Digital* ... 24/08/2018 ... Convergência Digital

Candidatos à presidência da república debateram temas ligados à tecnologia, como o fomento à inovação e à transformação digital e o fortalecimento do ambiente econômico para as empresas ficarem menos suscetíveis as incertezas jurídicas, no evento Brasil 2022, realizado pela ABES, no dia 20/08, em São Paulo.

De acordo com a ABES, todos os candidatos foram convidados para expor as ideias no evento, mas compareceram ao evento os candidatos - aqui nomeados pela ordem de apresentação - José Maria Eymael, do DC, Henrique Meirelles, do MDB, João Amoedo, do Novo e Kátia Abreu, candidata à vice-presidência na chapa de Ciro Gomes, do PDT. Neste link, acesse o estudo Brasil 2022.  Acompanhe as participações destes candidatos no evento Brasil 2022.

EYMAEL: Transformação Digital é o caminho do desenvolvimento

Candidato pelo partido Democracia Cristã (DC), José Maria Eymael, ao participar do evento Brasil 2022, organizado pela ABES, na segunda-feira, 20/08, disse que o próximo presidente da República tem de ter obsessão pelo desenvolvimento para que o Brasil seja uma potência respeitada pelo mundo.

JOÃO AMOEDO: Governo digital exige segurança jurídica

Pelo NOVO, o candidato João Amoedo usou a história do partido para falar sobre os benefícios da tecnologia para fomentar as startups. "Procuramos usar a tecnologia e a inovação das mídias sociais na estruturação do partido. Este é o mecanismo da inovação", disse. O candidato defendeu a liberdade econômica e afirmou que propostas de alguns candidatos que falam em revogar a Reforma Trabalhista trazem insegurança jurídica. "Para atrair investimentos temos de ter segurança jurídica e tornar o governo digital. Copiar o que funciona bem no mundo, como Israel que investe 4,5% do PIB em pesquisa e desenvolvimento", apontou. 

HENRIQUE MEIRELLES: Transformação Digital exige medidas específicas Henrique Meirelles, candidato pelo MDB, ressaltou que a estabilidade econômica é absolutamente crucial para investir em inovação. Ele criticou o longo tempo que se demora para abrir empresas e pagar impostos no Brasil e apontou que a tecnologia e a digitalização ajudariam na redução deste período. "Há condições de avançar no uso da tecnologia, no processo de desburocratização, uma palavra desgastada no Brasil, mas com iniciativas concretas digital, para diminuir o tempo em 80%, o que viabiliza de fato o surgimento de companhias novas e startups", ressaltou.

KATIA ABREU: Conectividade é obrigatória nas escolas A tecnologia precisa estar presente desde o início da vida escolar para se transformar em algo cotidiano, natural, pois não há desenvolvimento efetivo sem ela, frisou a candidata à vice-presidência da República na chapa de Ciro Gomes, no PDT. De acordo com Kátia Abreu, o projeto de Ciro Gomes está calcado em um país de base tecnológica e de conhecimento. Ela reforçou ainda que nenhum País de primeiro mundo cresceu sem o uso da Tecnologia.


Painel Telebrasil 2019
A 63ª edição do principal encontro institucional de lideranças do setor de telecomunicações e TICs acontecerá entre os dias 21 e 23 de maio de 2019, em Brasília. Saiba mais em paineltelebrasil.org.br
Veja o vídeo

Reforma Trabalhista reduziu número de processos trabalhistas em 17,4%

Segundo balanço de um ano da aprovação das mudanças na CLT, processos que chegaram a varas do trabalho caíram de 2 milhões para 1,6 milhão.

Bolsonaro confirma Marcos Pontes na Ciência e Tecnologia

Embora ainda não tenha definido a estrutura do MCTIC - há rumores que Comunicações irá para o ministério da Economia, presidente eleito define o nome do astronauta. Kassab, apesar de ter apoiado o novo presidente, deixa a pasta.

Governo faz pregão para digitalizar 1,2 milhão de pastas funcionais

Com a iniciativa, estima-se reduzir de 35 para 2 minutos o tempo médio de acesso e localização de documentos, além de aumentar a confiabilidade das informações acessadas. O valor estimado é de R$ 53,6 milhões e o pregão está marcado para o dia 16 de outubro.

BNDES volta a financiar software e serviços de TI com BNDES 10

Suspenso em 2016 quando completava 20 anos, o programa ProSoft ganha nova roupagem e retoma a concessão de verbas para empresas com faturamento entre R$ 1 milhão e R$ 10 milhões. Iniciativa deverá ser anunciada até o final do ano.



  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G