GOVERNO » Legislação

Projeto aumenta multas da Anatel para R$ 100 milhões

Da redação* ... 13/09/2018 ... Convergência Digital

Os processos administrativos instaurados pela Anatel deverão seguir como regra geral o princípio da publicidade, fazendo do sigilo uma exceção. É o que prevê o projeto de lei 214/18, que também amplia para R$ 100 milhões o valor máximo de multas aplicadas pela agência. Regras também valerão para ANTT e Antaq.

O PLS 214/2018 modifica a legislação que rege as agências nacionais de Telecomunicações, Transportes Terrestres e de Transporte Aquaviário para determinar em quais condições as agências deverão guardar sigilo sobre processos administrativos e vedando o não-compartilhamento das informações requeridas por órgãos de controle.

Como regra, o projeto estabelece que os processos para apuração de infrações só permanecerão em sigilo até a notificação dos infratores. Mas prevê que o sigilo poderá ser estendido até a decisão final por ato fundamentado da diretoria da agência reguladora.

O autor do projeto, José Serra (PSDB-SP), sustenta que “as agências reguladoras acumulam centenas e centenas de processos sigilosos sobre apuração de infrações das empresas concessionárias. Nos termos da atual legislação, não é sequer possível acompanhar as causas de instauração dos processos”.

* Com informações da Agência Senado


Painel Telebrasil 2019
A 63ª edição do principal encontro institucional de lideranças do setor de telecomunicações e TICs acontecerá entre os dias 21 e 23 de maio de 2019, em Brasília. Saiba mais em paineltelebrasil.org.br
Veja o vídeo

Vanderlan Cardoso, de Goiás, será o novo presidente da CCT no Senado

Na divisão acertada entre os líderes partidários, a comissão de Ciência e Tecnologia ficou com o PP e o indicado é o empresário goiano em seu primeiro mandato como senador. Uma das primeiras missões dele será a votação do PLC 79/2016, que altera o marco de Telecom.

Ex-CIO da Telefônica desponta como nova presidente da Dataprev

A nomeação de Christiane Almeida Edington ainda não saiu no Diário Oficial, mas é dada como certa pelo site Antagonista. Executiva tem no currículo o comando da  fusão da Telefônica com a Telemig Celular na área de TI.

Telebras e Viasat assinam aditivo ao contrato investigado pelo TCU

Estatal informa que encaminhou o novo contrato ao Tribunal, mas não revela se atendeu a exigência de baixar o preço das antenas.

Dataprev cria programa de demissão voluntária e aumenta rumor de extinção ou privatização

Resolução traz uma série de requisitos para a adesão dos funcionários. Um deles é ter mais de 120 meses de vínculo laboral.

MCTIC define nomes do time executivo para TICs

Artur Coimbra, José Gontijo e Octavio Caixeta foram mantidos nas suas funções no ministério. Artur Coimbra, por exemplo, seguirá à frente da diretoria de Banda Larga na Secretaria de Telecomunicações e está na força-tarefa para facilitar a instalação de antenas no País.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G