Home - Convergência Digital

Simulador de incidentes para smartphones vence Hackathon para Indústria 4.0

Convergência Digital - Carreira
Da redação - 20/09/2018

O Hackathon Unisys-Senai, realizado no dia 16/09, reuniu mais de 140 participantes entre equipes concorrentes, comissão julgadora, parceiros e convidados, na unidade do Senai em São Caetano do Sul (Grande São Paulo) para a realização da maratona de programação com foco em segurança digital para a Indústria 4.0.

O evento foi promovido pela Unisys, empresa global de tecnologia da informação, em parceria inédita com o Senai-SP, e teve 14 equipes participantes, compostas por alunos do próprio Senai e de outras instituições de ensino, bem como profissionais de segurança da informação.

A equipe vencedora, que levou para casa o prêmio de R$ 3 mil, foi a Santa Games, formada por graduandos e ex-alunos da Universidade de Santa Cecília (Unisanta), de Santos. Motasem Bechir El Malat (22), Gabriel Nacano (19), Marcos Rigueiral (21), Eduardo Costa Lopes da Silva Junior (24) e João Victor Fernandes Rodrigues (22) desenvolveram o projeto "Simulador de Incidentes na Industria Móvel (Siimo)", um jogo de resposta a incidentes para smartphones, no qual os usuários interpretam diferentes papeis de atacante, vítimas e profissionais de segurança da informação, para trabalhar táticas de resposta e defesa.

A aplicação utiliza um sistema de informação completo, com um servidor que se comunica por meio de um canal criptografado via SSL, aumentando a confiabilidade das informações. "Começamos o projeto com uma ideia inicial e fomos desenvolvendo até chegar no que conseguimos apresentar hoje, mas ainda estamos na fase de desenvolvimento e melhorias. Serão implementados muitos recursos, para que o projeto possa ser reapresentado como um software de alta qualidade com mais aplicações e acessos", afirma Motasem Bechir El Malat, aluno do curso de Engenharia da Computação da Unisanta.

Além do prêmio em dinheiro, o primeiro colocado terá a oportunidade de apresentar o projeto ao Board Executivo da Unisys na América Latina e também durante a grande de conteúdos do 3º Congresso Nacional de Segurança Cibernética, evento promovido pela FIESP no mês de novembro em São Paulo.

Em segundo lugar, com o prêmio de R$ 2 mil, ficou a equipe PwC CyberSec, formada por profissionais de segurança cibernética da PricewaterhouseCoopers (PwC). O time composto por Fernando Melchiori (33), Diego Canuto (30), Rodrigo Gusmão Cabral (40) e Manish Verma (39) desenvolveu o projeto Cyber Bull, que utilizou a plataforma Stealth(aware), da Unisys, para criar um ambiente residencial em nuvem seguro, com recursos de análise de tráfego, controle de aplicações, inspeção de SSL, entre outros recursos de controle, monitoração e segurança. O objetivo do projeto é proteger todo o tráfego externo, mediante à microssegmentação da rede, com interpretação dos tipos de dispositivos conectados, a fim de detectar qualquer comportamento anômalo do ambiente.

Na terceira colocação, a equipe vencedora do prêmio de R$ 1 mil foi a MauaThon, com o projeto Monitoramento e proteção. Guilherme Tabacow (20), Yohan Lafaeff (19), Gabriel Dicieri (22), Tamara Nubia Nunes (23) e Caio Petrelli Cominato (19) utilizaram a plataforma Stealth(aware), da Unisys, para criar uma simulação de incidente utilizando IoT. O projeto apresentou como exemplo o monitoramento de uma geladeira conectada, na qual a utilização de um sistema de segurança baseado em microssegmentação pôde prever e tratar possíveis incidentes na rede que poderiam afetar a operação do dispositivo.

Além da premiação em dinheiro, as três equipes mais bem colocadas no Hackathon Unisys-Senai receberão uma mentoria para acelerar seus projetos no UpLab, espaço de inovação e empreendedoriamo instalado na escola Senai Armando de Arruda Pereira, em São Caetano do Sul. Todos os projetos selecionados e fotos do evento estão disponíveis no portal: hackathonindustria40.com.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

03/05/2019
Apple despenca e Huawei assume segundo lugar no ranking de celulares

25/04/2019
Brasil precisa decifrar a transformação digital pelos smartphones

22/04/2019
Crise econômica e alta nos preços travam a venda de smartphones no Brasil

26/02/2019
Maioria descarta ficar um único dia sem celular

11/02/2019
Guerra comercial entre EUA e China derruba Apple

14/01/2019
Dólar valorizado travou a venda de smartphones no Brasil

09/11/2018
Huawei supera Apple e se sustenta na 2ª posição do mercado de smartphones

25/10/2018
Samsung processa ‘embaixadora’ da marca por usar iPhone em público

19/10/2018
No Brasil, mais de 60% usam smartphone próprio para fins profissionais

20/09/2018
Simulador de incidentes para smartphones vence Hackathon para Indústria 4.0

Veja mais artigos
Veja mais artigos

O futuro do trabalho colocado à prova

Por Luiz Camargo*

Novas profissões exigem também novas habilidades para acompanhar a revolução digital. Os novos empregos certamente irão demandar habilidades analíticas, matemáticas e digitais, com um toque de neurociência.

Destaques
Destaques

TI precisa de 420 mil novos profissionais até 2024

Formação de mão de obra, que já sofre para atender a demanda, vai ficar longe dos 70 mil novos empregos por ano. IoT, Big Data e segurança são áreas de maior demanda.

Salários em TICs são três vezes maiores que a média nacional

Em software e serviços, onde estão 75% das vagas das empresas de tecnologia da informação, remuneração média em 2018 foi de R$ 5 mil, contra R$ 1,8 mil do salário médio nacional.

TICs podem formar 1 milhão a cada quatro anos com recursos já existentes

Segundo o presidente da Contic, Edgar Serrano, atualização do marco legal de telecom e a criação do Sistema S das TICs são medidas de transformação digital sem impacto fiscal.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site