Home - Convergência Digital

LATAM vai vender Wi-Fi e prepara TV ao vivo

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital* - 27/09/2018

A LATAM Airlines Brasil passa a oferecer Wi-Fi a bordo de suas aeronaves a partir de hoje (27), em voos pelo Brasil e, em breve, em rotas partindo do país para destinos na América Latina. O sistema faz parte da plataforma LATAM Play, que pretende reunir em um só canal os recursos de conectividade e uma variedade incomparável de conteúdos.
 
Inicialmente, a LATAM operará 9 aeronaves modelo A319 equipadas com o sistema, que voam pelo Brasil, e até o fim do ano, terá o Wi-Fi instalado em cerca de 30 aviões da família Airbus A320 (A319 e A320) que operam dentro do Brasil e em voos ligando o país à América Latina.
 
"Essa novidade é parte da transformação da nossa experiência a bordo e busca dar a opção ao passageiro que quer estar conectado a todo momento. Mais do que só o Wi-Fi, é uma plataforma completa de entretenimento", afirma Jerome Cadier, CEO da LATAM Airlines Brasil.
 
A tecnologia 2Ku é fornecida pela Gogo, empresa com experiência global no acesso à internet por satélite dentro de aeronaves. A proposta é oferecer opções de conexão que atendam a todo tipo de necessidade com valor a partir de R$ 7,50 a hora. Haverá pacotes tanto para aqueles que procuram um serviço básico (para ver e-mails e mandar mensagens), quanto para aqueles que precisam navegar em sites e utilizar os serviços de streaming.
 
O serviço de internet também chegará gradativamente aos demais mercados onde o Grupo LATAM Airlines opera, em datas a serem comunicadas oportunamente. A plataforma LATAM Play pode ser acessada em dispositivo móvel pessoal com sistema operacional iOS ou Android. O aplicativo oferece ao passageiro acesso a mais de 80 filmes, mais de 300 séries, mais de 2.800 músicas, acesso ao mapa de voo, notícias diárias, programação para crianças e os conteúdos da VAMOS, a publicação da LATAM considerada o melhor veículo de turismo pelo Content Marketing Awards de 2017. Mais informações estão disponíveis aqui.

O aplicativo LATAM Play está disponível nas lojas virtuais da Apple Store ou do Google Play e o seu download deve ser realizado antes do voo. Para os clientes que já haviam instalado o antigo aplicativo LATAM Entertainment, a migração para a nova plataforma aconteceu de forma automática no caso dos dispositivos móveis com esta função de atualização já habilitada.“A terceira fase de evolução da nossa plataforma de entretenimento a bordo será a TV ao vivo, que virá para possibilitar ainda mais autonomia e opções aos nossos passageiros”, afirma Eduardo Costa, diretor sênior de Experiência do Cliente e Marketing do Grupo LATAM Airlines.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

16/09/2019
Wi-Fi Alliance disponibiliza certificação para o Wi-Fi 6

13/09/2019
Claro vai fornecer WiFi nativo em todos os carros da GM na América Latina

23/08/2019
Anatel aprova consulta para aumentar potência do Wi-Fi

10/07/2019
Frente ao 5G, entidade mundial lança diretrizes para massificar o Wi-Fi 6

22/05/2019
Anatel vai permitir que roteadores WiFi tenham potência maior

30/04/2019
Cisco anuncia novos equipamentos WiFi com promessa de 5G

20/02/2019
Wi-Fi vira ativo estratégico para receita de dados das operadoras

23/01/2019
America Net: Programa WiFi Livre SP une risco e oportunidade de negócios

23/11/2018
SP abre edital para novos pontos de WiFi gratuito

17/10/2018
Por R$ 2, Viasat promete conexões de 30 Mbps em regiões sem telefone

Destaques
Destaques

Na América Latina, 33% da população ainda não têm acesso ao celular

Estudo global da GSMA mostrou ainda que, em 2018, 31 milhões de empregos, entre diretos e indiretos, foram criados pela economia móvel, que gerou US$ 3,9 trilhões, ou R$ 15,8 trilhões. O 4G se tornou o padrão da telefonia móvel.

Smartphones receberam seis tentativas de ataques por minuto na América Latina

O Brasil é o país que lidera esse tipo de ataque, especialmente por meio do adware.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Carro autônomo: decisões baseadas em dados vão evitar acidentes?

Por Rogério Borili *

O grande debate é que a inteligência dos robôs precisa ser programada e, embora tecnologias como o machine learning permitam o aprendizado, é preciso que um fato ocorra para que a máquina armazene aquela informação daquela maneira, ou seja, primeiro se paga o preço e depois gerencia os danos.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site