Home - Convergência Digital

Claro libera zero rating e vídeos da Netflix para clientes pós-pago

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital* - 28/09/2018

Depois de recuperar a segunda posição no ranking nacional - ao superar a TIM e numa disputa pelo mercado 4G - a Claro decidiu estender para os assinantes pós-pago o zero rating concedido aos do pré-pago, ao adicionar uma franquia de internet denominada Extra Play, dedicada a aplicativos de vídeos. A operadora também liberou a navegação de seus clientes pós pagos em redes sociais e aplicativos de mobilidade sem descontar da franquia de Internet do plano.

Com o Extra Play, o cliente poderá assistir vídeos do Youtube, Netflix, NOW e Claro Video,  enquanto a franquia principal do plano fica livre para uso em qualquer outro aplicativo. Segundo a assessoria da Netflix, novos parceiros podem ser incluídos nessa oferta. Observa ainda que o assinante para usufruir da oferta terá de ter uma assinatura prévia da OTT.  Por exemplo, se o cliente contratar o pacote de 60GB, terá mais 60GB para acessar no Extra Play. Ao todo, são 120GB e o consumidor ainda pode desfrutar de uma experiência superior através da rede 4.5G de verdade da Claro, que permite atingir velocidades até 10 vezes maiores do que o 4G convencional.

Além do WhatsApp ilimitado (inclusive para chamadas de voz e vídeo) e do Claro música, que não descontam da franquia do plano, cliente Claro agora tem acesso ilimitado aos aplicativos de redes sociais do Facebook, Instagram e Twitter, e também dos apps Cabify, Easy e Waze que facilitam a locomoção. A operadora também insere um serviço da rival Vivo - a modalidade família - que permite a inclusão de linhas dependentes. Cada linha pode falar ilimitado e ainda compartilhar a internet da linha principal.

A operadora também insiste no combo Claro e NET. Ao adquirir um dos novos planos Família da Claro junto com um plano de banda larga, TV por Assinatura ou telefonia da NET, o cliente ainda leva o dobro de internet, em casa ou no celular. No caso da móvel, a oferta é válida para a franquia do plano, sem considerar bônus de portabilidade ou o Extra Play. Já no caso da banda larga fixa, o cliente leva o dobro da velocidade contratada sem custo adicional. Quem tem um plano de TV da NET ou da Claro TV, assiste os conteúdos dos seus canais preferidos no app do NOW, que também faz parte do Extra Play no celular da Claro.

Na renovação do portfólio para o pós-pago, a Claro decidiu ainda que três dos novos planos da Claro são “Internacionais” e possibilitam usar o plano no exterior como se estivesse no Brasil.Os planos 30+30 GB e 60+60 GB continuam incluindo os Passaportes Europa e Américas, permitindo ao titular da linha utilizar o celular no exterior, em mais de 60 países, como se estivesse no Brasil. A franquia principal do plano (30GB ou 60GB) pode ser utilizada também nos países compatíveis com a oferta e falar ilimitado com telefones do Brasil ou do país visitado.

A partir de agora, o plano de 15+15 GB também passa a contar com o Passaporte Américas. Os planos “Conta Internacional” ainda garantem acesso ao Claro Idiomas by Busuu para ajudar na comunicação mundo afora. Mas, segundo a operadora, o Extra Play, que permite acesso aos aplicativos de vídeo, é válido apenas no Brasil. Confira as ofertas: https://www.claro.com.br/novopos

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

07/06/2019
Câmara proíbe teles de enviarem mensagens comerciais a clientes

06/06/2019
Novo projeto de lei prevê cobertura celular obrigatória de 60% das estradas

06/06/2019
Ao Procon, Google diz que Huawei só atualiza Android até 19 de agosto. Fabricante assegura serviços

31/05/2019
Amazon quer entrar no mercado de celular pré-pago com venda da Sprint

31/05/2019
Vivo, TIM e Oi vão ao CADE criticar compra da Nextel pela Claro

30/05/2019
Procon notifica Google e teles sobre bloqueio à Huawei. Fabricante nega qualquer restrição no Brasil

24/05/2019
Anatel rejeita TAC da Claro para troca de R$ 345 milhões em multas

21/05/2019
Oi e Claro afirmam que Brasil não deve aderir à guerra dos EUA contra a Huawei

20/05/2019
Para MPF, Claro deve aceitar decodificadores de terceiros sem cobrança de ponto extra

17/04/2019
Teles fazem cadastramento para atualizar dados de clientes do celular pré-pago

Destaques
Destaques

Para injetar R$ 200 bilhões na economia, IoT tem de ficar livre das amarras tributárias

Relator da proposta de tributo zero para Internet das Coisas, deputado Eduardo Cury, do PSDB/SP, disse que o setor precisa municiar o Parlamento com dados para convencer à Casa a conceder a desoneração.

5G exige muito espectro para entregar tudo que se espera da tecnologia

Anatel, indústria e teles sustentam que a nova onda tecnológica só vai atender as demandas esperadas se tiver frequência suficiente para melhorar os serviços.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

O potencial pouco explorado da Internet das Coisas

Por Daniel Kriger*

A grande mudança que a Internet das Coisas (IoT – Internet of Things) trará para a vida das pessoas está além da facilidade de se preparar um café, programar um banho quente ou economizar na conta de luz. Dar conectividade a objetos e abrir espaço para comandos inteligentes em inúmeras tarefas do dia a dia é um dos principais propósitos de IoT. Mas não é só isso.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site